Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfodinâmica do rio Jacaré-Pepira/SP: condicionantes litológicos e estruturais

Processo: 12/21908-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Archimedes Perez Filho
Beneficiário:Éverton Vinícius Valezio
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Planície de inundação

Resumo

A análise da influência de condicionantes lito-estruturais sobre os canais fluviais é de extrema importância para o entendimento dos processos e dinâmicas ligadas a estes. A confecção de perfis longitudinais conciliados à aplicação do índice de gradiente (RDE - Relação Declividade x Extensão) ao longo do rio Jacaré Pepira/SP permitem a identificação de zonas anômalas e níveis de base efêmeros presentes no canal fluvial,, além de evidenciar a adaptação destes às demais variáveis físicas, tendo em vista sua busca permanente pelo estádio de estabilidade. Com base na concepção sistêmica e na Teoria do equilíbrio dinâmico, coloca-se em discussão o estádio atual e pretérito do rio Jacaré-Pepira/SP e a relação direta dos processos deposicionais, erosicionais e tectono-estruturais com sua planície de inundação, por meio de mapas geológicos, topográficos, imagens orbitais e não orbitais. Assim, o canal fluvial que percorre longitudinalmente pelo Planalto Ocidental Paulista, tendo suas nascentes no reverso das cuestas arenito-basálticas, funciona como resposta às condições litológicas e estruturais, além de ser reflexo direto dos diversos ritmos climáticos ali perpetuados.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.