Busca avançada
Ano de início
Entree

Membranas porosas de quitosana: preparação, caracterização e avaliação do potencial para a aplicação na prevenção de aderências pós-cirúrgicas

Processo: 12/22460-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Sérgio Paulo Campana Filho
Beneficiário:Karen Saori Morioka
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Quitosana   Membranas (biologia)

Resumo

Membranas de quitosana produzidas após dissolução do polímero seguida por liofilização serão reticuladas com genipina, de maneira a conferir às membranas a estabilidade química e as propriedades mecânicas desejadas. As membranas serão caracterizadas quanto à estrutura química, grau de reticulação, taxa de hidratação, aspectos morfológicos e propriedades mecânicas, e através de ensaios de biodegradação frente à lisozima. Espectroscopia no infravermelho e de ressonância magnética nuclear, microscopia eletrônica de varredura e difração de raios X serão empregadas na caracterização das membranas. As membranas que apresentarem as características e propriedades adequadas serão empregadas em testes in vivo para a avaliação de seu potencial para aplicação na prevenção de aderências pós-cirúrgicas, sendo esta etapa do projeto desenvolvida em colaboração com a equipe do Prof. Dr. Jackson Brandão Lopes, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia. (AU)