Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações tróficas da comunidade do sistema sublitoral da Baía do Araçá, município de São Sebastião (SP): uma abordagem pelo uso de isótopos estáveis

Processo: 12/09937-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Lucy Satiko Hashimoto Soares
Beneficiário:Marinella Coutinho Jacinto Pucci
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50317-5 - Biodiversidade e funcionamento de um ecossistema costeiro subtropical: subsídios para gestão integrada, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biodiversidade   São Paulo   Ecossistemas costeiros   Densidade populacional   Dinâmica de populações   Níveis tróficos

Resumo

O presente estudo está inserido no contexto proposto pelo projeto temático "Biodiversidade e Funcionamento de um Ecossistema Costeiro Subtropical: Subsídios Para Gestão Integrada" (FAPESP/2011/50317-5, Auxílio Pesquisa - Programa Biota - Projeto Temático) e tem como objetivos identificar as principais fontes de carbono e nitrogênio na trama trófica do ecossistema da região sublitoral da Baía do Araçá, no município de São Sebastião (SP), estimar o nível trófico das espécies e caracterizar a estrutura trófica do sistema, através das assinaturas isotópicas de 13C e 15N de espécies representativas em número, biomassa e valor comercial. Serão analisadas espécies de organismos produtores e consumidores de diferentes grupos tróficos, de matéria particulada em suspensão e de sedimento, coletadas nas praias, manguezais, costões rochosos e no sublitoral (em profundidades de até 20m), durante o verão (estação de chuvas) e o inverno (estação seca). Para identificar as principais fontes de carbono e nitrogênio no sistema, será aplicado o modelo de mistura SIAR (Stable Isotopes Analysis in R). As assinaturas médias de carbono das espécies e dos produtores primários serão comparadas para verificar as fontes primárias de matéria e o acoplamento do sistema aos sistemas das regiões entremarés e de manguezais. A posição trófica das espécies será obtida pelas assinaturas isotópicas de nitrogênio. Será elaborado um diagrama ilustrativo das interações tróficas para identificar as principais vias de fluxo de energia no sistema. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GORMAN, DANIEL; PUCCI, MARINELLA; SOARES, LUCY S. H.; TURRA, ALEXANDER; SCHLACHER, THOMAS A. Land-Ocean Connectivity Through Subsidies of Terrestrially Derived Organic Matter to a Nearshore Marine Consumer. ECOSYSTEMS, v. 22, n. 4, p. 796-804, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PUCCI, Marinella Coutinho Jacinto. Interações tróficas dos peixes e lulas da Baía do Araçá, município de São Sebastião (São Paulo, Brasil): uma abordagem pelo uso de isótopos estáveis. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.