Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de previsão numérica do tempo: aplicação e avaliação no posicionamento absoluto e baseado em redes GNSS

Processo: 12/20916-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geodésia
Pesquisador responsável:Daniele Barroca Marra Alves
Beneficiário:Pedro Augusto Giraldes de Abreu
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/04008-2 - GNSS: investigações e aplicações no posicionamento geodésico, em estudos relacionados com a atmosfera e na agricultura de precisão, AP.TEM
Assunto(s):Troposfera   Sistemas de navegação global por satélite   Posicionamento

Resumo

As tecnologias espaciais têm sido amplamente empregadas para fins de posicionamento, a principal e mais moderna é o GNSS (Global Navigation Satellite System). Dentre os sistemas de posicionamento que o integram pode-se citar o GPS, o GLONASS, o GALILEO, o BEIDOU/COMPASS, além dos sistemas de aumento. Para alcançar alta acurácia (centímetros) no posicionamento GNSS, é imprescindível realizar a modelagem atmosférica (ionosfera e troposfera). No que concerne à troposfera, seus efeitos nos sinais GNSS são causados por duas componentes: a primeira gerada pela influência hidrostática representa cerca de 90% do efeito; a segunda ocasionada pela atmosfera úmida é geralmente menor, porém, sua variação temporal e espacial é muito maior, o que dificulta a sua modelagem. Os modelos de Saastamoinen e Hopfield podem ser utilizados para minimizar os efeitos da troposfera nos sinais GNSS. Mas, dependendo da acurácia almejada, podem não ser adequados para a realidade brasileira. Para sanar as limitações existentes nesses modelos empíricos, surgiram os modelos de Previsão Numérica do Tempo (PNT). Portanto, com essa pesquisa pretende-se principalmente realizar uma avaliação robusta a respeito do uso dos modelos de PNT no posicionamento por ponto e no posicionamento baseado em redes. Além disso, avaliar em que regiões do Brasil, em especial do estado de São Paulo, a umidade atmosférica (ZWD - Zenithal Wet Delay) pode impactar na qualidade do posicionamento geodésico para o usuário.