Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta aguda e crônica do transporte mucociliar e da função autonônica de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um treinamento aeróbio

Processo: 12/11174-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Dionei Ramos
Beneficiário:Marceli Rocha Leite
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Treinamento aeróbio   Doença pulmonar obstrutiva crônica   Depuração mucociliar   Sistema nervoso autônomo

Resumo

INTRODUÇÃO: O transporte mucociliar, um mecanismo vital de defesa pulmonar, encontra-se deficiente em pacientes com DPOC. É conhecido que o exercício físico e o estimulo autonômico influenciam o clearance mucociliar, no entanto a relação entre o treinamento aeróbio e sistema nervoso autônomo na melhora desse mecanismo de defesa pulmonar ainda não está clara. OBJETIVO: Avaliar a resposta aguda e crônica do transporte mucociliar e do comportamento do sistema nervoso autônomo de pacientes com DPOC submetidos a um treinamento aeróbio bem como investigar possíveis associações entre estas variáveis. MÉTODOS: Indivíduos com diagnóstico de DPOC de ambos os sexos, com idade acima de 45 anos serão submetidos a um treinamento aeróbio de 12 semanas e avaliados quanto ao transporte mucociliar por meio do teste de tempo de trânsito de sacarina (TTS) e à atividade do sistema nervoso autônomo por meio da variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Para comparação, será avaliado quanto às mesmas variáveis um grupo controle com indivíduos diagnosticados com DPOC. ANÁLISE ESTATÍSTICA: Será utilizado o programa estatístico Graphpad Prism®. A normalidade dos dados será avaliada por meio do teste de shapiro-wilk. Para análise intergrupos será utilizado o teste t não pareado ou teste de Mann-Whitney. O estudo das variáveis TTS e VFC será analisado por meio da técnica da análise de variância para modelo de medidas repetidas em grupos independentes, complementar com o teste de comparações múltiplas de Bonferrone ou Dunn, conforme a aderência dos dados a distribuição Gaussiana. Correlações serão avaliadas por meio dos coeficientes de Pearson ou Spearman. O nível de significância utilizado será de p<0.05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEITE, MARCELI ROCHA; CIPULO RAMOSA, ERCY MARA; COELHO FIGUEIRA FREIRE, ANA PAULA; DE ALENCAR SILVA, BRUNA SPOLADOR; NICOLINO, JULIANA; MARQUES VANDERLEI, LUIZ CARLOS; RAMOS, DIONEI. Analysis of Autonomic Modulation in Response to a Session of Aerobic Exercise at Different Intensities in Patients With Moderate and Severe COPD. COPD-Journal of Chronic Obstructive Pulmonary Disease, v. 15, n. 3, p. 245-253, 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LEITE, Marceli Rocha. Resposta da função autonômica, transporte mucociliar e potência aeróbia máxima de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um treinamento aeróbio. 2014. 131 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.