Busca avançada
Ano de início
Entree

Dependência ao álcool em camundongos adolescentes num modelo que considera pré-exposição e efeito da privação de álcool

Processo: 12/17228-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Rosana Camarini
Beneficiário:Priscila Fernandes Carrara Do Nascimento
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Álcool   Camundongos   Autogestão   Adolescência

Resumo

A dependência ao álcool é uma questão de saúde pública. Em adolescentes torna-se particularmente preocupante, pois quanto mais cedo inicia-se o uso, maior a probabilidade de que o indivíduo seja dependente na idade adulta. Dados resultantes do Doutorado demonstraram que camundongos previamente expostos ao álcool (durante a adolescência) apresentam diversas alterações comportamentais e neuroquímicas em comparação aos adultos: menor sensibilidade à sensibilização comportamental; aumento da liberação de glutamato no núcleo accumbens; maior renovação de dopamina no núcleo accumbens; aumento de AMPc no estriado particularmente quando o animal recebe injeção de álcool após abstinência; maior vulnerabilidade à associação de pistas ambientais com o efeito recompensador do álcool no paradigma de preferência condicionada por lugar e maior vulnerabilidade à recaída no paradigma de auto-administração. Nesse contexto, percebemos a necessidade de desenvolver um modelo que considere os diversos aspectos da dependência e que seja aceito pela comunidade científica. O modelo proposto considera a aquisição do consumo voluntário num paradigma de livre escolha entre garrafas com períodos de privação e re-exposição ao álcool. Sintomas de abstinência serão quantificados experimentalmente nas fases de privação. Será conduzido em animais adolescentes e adultos e permitirá o estudo do efeito da exposição prévia ao álcool (no período da adolescência) na aquisição do comportamento de consumo, manutenção e recaída, assim como a severidade da abstinência nesses animais. O modelo proposto constituirá uma linha de pesquisa que permitirá interferências farmacológicas ou não farmacológicas com o intuito de explorar os mecanismos e possíveis estratégias terapêuticas relacionadas à dependência em adolescentes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARRARA-NASCIMENTO, PRISCILA FERNANDES; HOFFMANN, LUCAS BARBOSA; FLORIO, JORGE CAMILO; PLANETA, CLEOPATRA SILVA; CAMARINI, ROSANA. Effects of Ethanol Exposure During Adolescence or Adulthood on Locomotor Sensitization and Dopamine Levels in the Reward System. FRONTIERS IN BEHAVIORAL NEUROSCIENCE, v. 14, MAR 6 2020. Citações Web of Science: 0.
CARRARA-NASCIMENTO, PRISCILA F.; HOFFMANN, LUCAS B.; CONTO, MARCOS B.; MARCOURAKIS, TANIA; CAMARINI, ROSANA. Ethanol Sensitization during Adolescence or Adulthood Induces Different Patterns of Ethanol Consumption without Affecting Ethanol Metabolism. FRONTIERS IN BEHAVIORAL NEUROSCIENCE, v. 11, MAR 23 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.