Busca avançada
Ano de início
Entree

Velocidade de movimento no desempenho muscular em mulheres jovens e idosas treinadas

Processo: 12/17910-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Sebastião Gobbi
Beneficiário:Marilia Ceccato
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento

Resumo

O processo de envelhecimento causa alterações no sistema músculo esquelético, induzindo a sarcopenia e consequentes reduções da força muscular. Contudo, o treinamento com pesos (TP) é considerado uma ótima estratégia na promoção e manutenção da saúde e melhora em diferentes expressões da força muscular. Dentre as variáveis do TP, a intensidade e a velocidade de movimento (VM) têm importante papel nas diferentes respostas das expressões da força muscular, aguda e cronicamente. Assim, o presente estudo tem como objetivos: estudo 1 - analisar o efeito agudo da idade e de diferentes intensidades relativas sobre a VM e desempenho muscular em mulheres treinadas; estudo 2 - analisar o efeito da idade e de oito semanas de treinamento com pesos, com diferentes VM sobre o desempenho muscular em mulheres treinadas. Para tanto, participarão deste estudo 15 mulheres jovens (18 a 25 anos) e 15 idosas (idade igual ou superior a 60 anos), com experiência em TP, por no mínimo oito semanas. Para o estudo 1, antes e após duas sessões de exercício no aparelho leg press, com diferentes intensidades (10 e 15 RM), será avaliada a ativação muscular e curva força-tempo isométrica no leg press, bem como terão a VM em cada série mensurada por meio de filmagem. Para o Estudo 2, inicialmente será avaliada a ativação muscular e curva força-tempo isométrica no leg press e posteriormente os grupos serão submetidos ao protocolo de TP, com duração de oito semanas, sendo que no exercício leg press com intensidade de 80% de 15 RM e VM diferente, grupo lento (30°/s) e grupo rápido (90°/s) e, após o período de TP serão novamente avaliadas quanto a ativação muscular e curva força-tempo isométrica no leg press. O controle da VM no exercício leg press será realizado por meio de um metrônomo. Para análise estatística, no estudo 1 será empregada a ANOVA two-way a fim de verificar possíveis diferenças entre grupos (jovens e idosas) e condições (10 e 15 RM). E para o estudo 2, a ANOVA three-way será utilizada para verificar possíveis diferenças entre grupos (jovens e idosas), condições (VM rápida ou VM lenta) e momento (pré e pós-treinamento). O nível de significância adotado será de P < 0,05.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CECCATO, Marilia. Velocidade de movimento no desempenho muscular em mulheres jovens e idosas treinadas. 2013. 161 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.