Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e validação de método bioanalítico e farmacocinética pré-clínica do composto [5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4-diona)] (Lyso-07)

Processo: 12/21216-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Rosangela Gonçalves Peccinini
Beneficiário:Elias Carvalho Padilha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacocinética   Métodos bioanalíticos

Resumo

As tiazolidinodionas(TZDs), também conhecidas por glitazonas, são fármacos utilizados no tratamento de Diabetes Mellitus tipo 2(DM2) e agem principalmente reduzindo a resistência periférica à insulina. As TZDs atuam ativando os receptores do núcleo celular PPAR-g (peroxisome proliferator activated receptor) que regulam a expressão de genes que afetam o metabolismo glicídico e lipídico, responsáveis pela captação de glicose mediada por insulina nos tecidos periféricos e pela diferenciação de pré-adipócitos em adipócitos, entre outros efeitos. As TZDs além de reduzirem a glicemia, como os hipoglicemiantes clássicos, possuem efeito anti-inflamatório, diminuem a pressão arterial, diminuem o colesterol e triglicérides além de atenuar os riscos cardiovasculares decorrentes da DM2.A primeira geração desta classe de fármacos, representada pela troglitazona, apresenta alta toxicidade hepática, e foi retirada do mercado americano em março de 2000, logo após seu lançamento, em 1997. Ainda, em 29 de setembro de 2010, a gerência de farmacovigilância da Anvisa informou, através da Resolução n° 1.466 de 28/09/2010, o cancelamento do registro do medicamento Avandia® - nome comercial sobre o qual a rosiglitazona era comercializada. A pioglitazona, ainda sob a vigilância das agências reguladoras, permanece no mercado, onde ainda observa-se o risco/benefício de sua utilização na terapêutica.Tendo em vista o vasto potencial terapêutico desta classe de fármacos, diversos pesquisadores tem sintetizado novos candidatos a TZD, com o intuito de obter maior especificidade entre seus efeitos aplicáveis na terapêutica, ou ainda para diminuir a toxicidade, melhorando a relação risco/benefício ao paciente. Neste contexto, o Laboratório de Planejamento e Síntese de Fármacos da Universidade Federal de Pernambuco selecionou diversos compostos promissores em relação à atividade anti-aterosclerose. Entre os compostos com melhores performances destacou-se a Lyso-7, um derivado tiazolidino-2,4-diona (5-(5-bromo-1H-indol-3-metieleno)-3-(4-cloro-benzil)-tiazolidina-2,4- diona). Os resultados experimentais da atividade biológica da molécula mostraram sua habilidade de inibir o recrutamento leucocitário e o aumentar a permeabilidade vascular, tornando a nova TZD um candidato a anti-inflamatório. A atividade do composto continua sendo estudada, tendo em vista a elucidação dos efeitos anti-inflamatórios deste novo composto e sua possível aplicação terapêutica. Segundo Waterbeend (2001), grande parte do insucesso da introdução de novos fármacos e medicamentos no mercado é devido ao desfavorável perfil farmacocinético e toxicidade. Portando, além da investigação da atividade farmacológica, é impreterível a avaliação precoce do perfil farmacocinético da Lyso-07 para se precaver de fatores que possam inviabilizar os investimentos futuros neste fármaco. Ainda, esta etapa pré-clínica é de suma importância para que esta substância se encaminhe aos estudos clínicos subsequentes.O presente trabalho tem como objetivo a elaboração e validação de um método analítico para a determinação de Lyso-07 em plasma e a avaliação do perfil farmacocinético deste fármaco em ratos Wistar. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PADILHA, Elias Carvalho. Desenvolvimento e validação de método bioanalítico aplicado em estudo de farmacocinética pré-clínica e ensaio preliminar de segurança de novo derivado de tiazolidinodiona com atividade antiinflamatória - LYSO-07. 2014. 113 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Farmacêuticas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.