Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do método Two-Time-Scale CUEP/BCU aplicado à análise de estabilidade de sistemas elétricos de potência

Processo: 12/19589-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Luís Fernando Costa Alberto
Beneficiário:Edson Aparecido Rozas Theodoro
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/23468-8 - Desenvolvimentos do método Two-Time-Scale CUEP/BCU para análise de estabilidade de sistemas elétricos de potência à médio prazo, BE.EP.PD
Assunto(s):Estabilidade de tensão

Resumo

No contexto da estabilidade transitória, os métodos diretos (energéticos) surgem como uma solução rápida para análise de estabilidade em tempo real, e dentre estes o método CUEP (do inglês Controlling Unstable Equilibrium Point) associado ao algoritmo numérico BCU (do inglês Boundary Controlling Unstable Equilibrium Point) destaca-se como o método direto mais eficiente na avaliação de estabilidade transitória. Porém, o método CUEP/BCU tradicional não se aproveita das diversas escalas de tempo presentes na dinâmica destes sistemas, o que conduz a (i) conservadorismo excessivo na análise de estabilidade e (ii) dificuldades numéricas no cálculo do CUEP. O método Two-Time-Scale (TTS) CUEP/BCU explora a existência de escalas de tempo rápidas e lentas no modelo matemático dos SEPs para sobrepujar as dificuldades anteriores, porém com ganhos extras, tais como (i) utilização de modelos de menores ordens na formulação dos subsistemas lento e rápido associados e (ii) possibilidade de avaliar diferentes problemas de estabilidade (ângulo e tensão) associados a diferentes escalas de tempo (short-term e mid-term stability). O presente projeto de pesquisa visa estender os atuais avanços obtidos com o desenvolvimento do método TTS CUEP/BCU, entre os quais se destacam: (i) estender a teoria do método TTS CUEP/BCU para modelos de SEPs mais gerais (modelos singularmente perturbados com múltiplas escalas de tempo e modelos algébrico-diferenciais), (ii) estender os resultados do método direto TTS CUEP/BCU, utilizados na análise de estabilidade transitória (short-term stability), para análise de estabilidade de ângulo e tensão a médio prazo (mid-term stability), e (iii) aplicação do método TTS CUEP/BCU na análise de estabilidade de modelos de SEPs mais complexos. (AU)