Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso real e uso formal do espaço urbano na Região Metropolitana de Campinas: uma análise para planejamento e gestão territorial.

Processo: 12/10897-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Lindon Fonseca Matias
Beneficiário:Natalia Pivesso Martins
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/15786-0 - Uso formal do espaço urbano no Brasil e na Espanha: uma análise comparativa das legislações urbanas que fundamentam o planejamento e a gestão territorial na questão dos limites urbanos, BE.EP.MS
Assunto(s):Geografia urbana

Resumo

O processo de urbanização se manifesta através da configuração de um conjunto de diversos usos urbanos, de acordo com os interesses e estratégias de distintos agentes produtores do espaço geográfico, o qual deve ser regulado por uma legislação pertinente para conter, regular e planejar os rumos da expansão urbana. Logo, a legislação do perímetro urbano do município vem a ser um instrumento legal que deveria atender essa demanda no planejamento e gestão urbanos. O presente estudo tem como objetivo principal compreender o significado existente na relação entre área urbana e área urbanizada no processo de produção do espaço geográfico na Região Metropolitana de Campinas (RMC). Essa relação revela a ação de diversos agentes envolvidos e suas estratégias adotadas, as quais resultam numa determinada configuração do espaço urbano. Para realizar esse estudo propõe-se utilizar de infraestrutura necessária para a aquisição, processamento e análise de informação do espaço geográfico através das geotecnologias. Devido à complexidade de informações e relações espaciais na RMC, o uso de geotecnologias no processo de sua compreensão, se mostra como melhor possibilidade de abranger tamanha grandeza. Para o planejamento e gestão urbanos, as geotecnologias permitem identificar possíveis padrões e auxiliar na compreensão da produção do espaço geográfico na região metropolitana. Portanto, todas as questões trazidas, desde a urbanização, os limites urbanos legais e reais, e a região escolhida que é de grande importância econômica, permite justificar a importância de promover esse estudo a fim de contribuir para a compreensão do significado dessas relações no processo de produção do espaço geográfico e uma melhor compreensão da dinâmica existente na RMC.