Busca avançada
Ano de início
Entree

Recrutamento e diversidade genética em regenerantes de Copaifera langsdorffii Desf. em pequenos fragmentos florestais

Processo: 12/20363-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Karina Martins
Beneficiário:Ana Flávia Francisconi
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia de populações   Diversidade genética   Fluxo gênico   Fragmentos florestais

Resumo

A fragmentação florestal ocasiona diminuição dos tamanhos populacionais e isolamento das populações de espécies arbóreas. A consequência imediata é a perda de diversidade genética. Em médio-longo prazo, o isolamento das populações e seu tamanho populacional pequeno causam comprometimento do fluxo gênico, endocruzamento e perda de diversidade genética decorrente do efeito mais acentuado da deriva genética. A presente pesquisa avaliará a dinâmica de regeneração e a diversidade genética de regenerantes de Copaifera langsdorffii em fragmentos florestais pequenos em Sorocaba-SP, consistindo em uma das primeiras iniciativas de abordagem genética de avaliação dos remanescentes florestais da região. Esse estudo faz parte de um projeto maior cujo objetivo é avaliar o status de conservação e o fluxo gênico da espécie em pequenos fragmentos florestais (Auxílio Regular, Processo FAPESP 2012/01274-4). Em 2012, foram demarcadas e georeferenciadas 14 parcelas (100 m2) em seis fragmentos florestais pequenos no município de Sorocaba - SP. No presente projeto, todos os indivíduos de C. langsdorffii com altura maior que 30 cm serão registrados e mensurados. As densidades de plântulas e varetas em relação à densidade de adultos serão comparadas entre fragmentos. A quantificação da mortalidade e do recrutamento de plântulas e varetas será feita semestralmente de modo a comparar a dinâmica de regeneração entre fragmentos. Plântulas e varetas serão genotipadas com oito marcadores microssatélites. Serão comparados parâmetros de diversidade genética e endogamia entre fragmentos, bem como a divergência genética entre os grupos (plântulas x varetas x adultos). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.