Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação Intraespecífica no Tamanho Corporal e no Dimorfismo Sexual de Tamanho em Morcegos Frugívoros

Processo: 12/20601-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Marcelo Nogueira Rossi
Beneficiário:Carina Maria Vela Ulian
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Altitude   Sexo   Chiroptera   Mata Atlântica

Resumo

Uma questão central em ecologia e biologia evolutiva é explicar alguns padrões de variações no tamanho corporal que são observados para diversas espécies. Explicar estes padrões é relevante, pois indivíduos maiores podem apresentar vantagens em termos de desempenho do que os indivíduos menores. Além disso, dependendo de como machos e fêmeas respondem às variações ambientais com relação ao tamanho corporal, alterações no dimorfismo sexual de tamanho (SSD) podem ocorrer. Padrões consistentes de mudanças no tamanho corporal e no SSD têm sido constatados para algumas espécies de mamíferos, principalmente quando relacionados com a latitude e com a altitude, embora padrões contraditórios tenham surgido com frequência, evidenciando a necessidade de mais estudos, principalmente em regiões tropicais. No caso de morcegos, muito pouco se sabe sobre se, e em que nível, o tamanho corporal e o SSD dos organismos mudam em decorrência de gradientes altitudinais. No presente estudo, será investigado se o tamanho corporal de morcegos frugívoros é afetado pela altitude, e se a intensidade deste efeito varia dependendo do sexo e do estágio de desenvolvimento dos indivíduos. Em seguida, o SSD será estudado através de um gradiente altitudinal, examinando-se a regra de Rensch. Os morcegos serão capturados em diferentes localidades situadas ao longo da Serra do Mar e Serra da Mantiqueira, formando um gradiente altitudinal. Através de dados biométricos, em cada localidade o tamanho corporal será estimado em indivíduos jovens e adultos de ambos os sexos. Em seguida, o SSD será calculado considerando indivíduos adultos, possibilitando responder as perguntas propostas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ULIAN, CARINA M. V.; ROSSI, MARCELO N. Intraspecific variation in body size and sexual size dimorphism, and a test of Rensch's rule in bats. ACTA ZOOLOGICA, v. 98, n. 4, p. 377-386, OCT 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.