Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de infecção por rickettsias do grupo da febre maculosa em cães, pequenos mamíferos e carrapatos em área endêmica e não endêmicas nos biomas de Pampa e Mata Atlântica no estado do Rio Grande do Sul.

Processo: 12/21915-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcelo Bahia Labruna
Beneficiário:Felipe da Silva Krawczak
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/10060-6 - Caracterização molecular e filogeografia multigênica de isolados de Rickettsia bellii nas Américas., BE.EP.DR
Assunto(s):Rio Grande do Sul   Doenças parasitárias

Resumo

Em 2005 o estado do Rio Grande do Sul (RS) notificou o primeiro caso suspeito de Febre Maculosa Brasileira (FMB) ao Ministério da Saúde. No período de 2005 a 2009, foram sete casos confirmados, todos referentes ao município de Cerro largo, área endêmica para a enfermidade riquetsial (Dados do Ministério da Saúde). O RS apresenta relatos de várias espécies de carrapatos do gênero Amblyomma, vetores de riquétsias do Grupo da Febre Maculosa (GFM) para humanos e animais em outros estados. No período de 2006 a 2007, vinte exemplares de carrapatos que se encontravam fixados ou caminhando sobre a pele de humanos da cidade de Cerro Largo, foram encaminhados ao Laboratório Central do RS (LACEN), para identificação taxonômica, sendo todos identificados como Amblyomma ovale. Nos últimos dois anos, estudos demonstraram que exemplares de A.ovale, coletados em uma área de Mata Atlântica no estado de São Paulo e Santa Catarina, estavam infectados com R. parkeri cepa Mata Atlântica, sendo esta bactéria responsável por uma nova riquétsiose do Grupo da Febre Maculosa no Brasil. No RS são encontrados dois biomas, Mata Atlântica e Pampa, este ultimo não ocorrendo em outra unidade federativa do país. Até o momento, apenas dois estudos sorológicos foram desenvolvidos no estado, especificamente no município de Cerro Largo, cidade endêmica para a enfermidade, e na região de Pelotas, indicando que equinos, cães e humanos entraram em contato com rickettsias do grupo da febre maculosa. Desta forma, o presente estudo terá como objetivo pesquisar a infecção de rickettsias do grupo da febre maculosa em cães, equinos, pequenos mamíferos e carrapatos em área endêmica (Cerro Largo) e áreas não endêmicas nos biomas de Pampa e Mata Atlântica no RS. Esta será a primeira investigação comparativa sobre FMB entre os biomas de Pampa e Mata Atlântica e também a primeira investigação molecular e tentativa de isolamento de riquétsias do GFM em cultivo celular de amostras coletadas no RS.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PORTO DE ABREU, JULIANA AIZAWA; KRAWCZAK, FELIPE DA SILVA; GUEDES, ISRAEL BARBOSA; DE SOUZA-FILHO, ANTONIO FRANCISCO; DE SOUZA, GISELE OLIVEIRA; BINDER, LINA DE CAMPOS; DE OLIVEIRA, CAROLINE SOBOTYK; SPONCHIADO, JONAS; MELO, GERUZA LEAL; LABRUNA, MARCELO BAHIA; HEINEMANN, MARCOS BRYAN. Frequency of anti-Leptospira spp. antibodies in dogs and wild small mammals from rural properties and conservation units in southern Brazil. ONE HEALTH, v. 8, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
GRESSLER, LUCAS TREVISAN; KRAWCZAK, FELIPE DA SILVA; KNOFF, MARCELO; MONTEIRO, SILVIA GONZALEZ; LABRUNA, MARCELO BAHIA; BINDER, LINA DE CAMPOS; DE OLIVEIRA, CAROLINE SOBOTYK; NOTARNICOLA, JULIANA. Litomosoides silvai (Nematoda: Onchocercidae) parasitizing Akodon montensis (Rodentia: Cricetidae) in the southern region of Brazil. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 26, n. 4, p. 433-438, OCT-DEC 2017. Citações Web of Science: 1.
LUCAS TREVISAN GRESSLER; FELIPE DA SILVA KRAWCZAK; MARCELO KNOFF; SILVIA GONZALEZ MONTEIRO; MARCELO BAHIA LABRUNA; LINA DE CAMPOS BINDER; CAROLINE SOBOTYK DE OLIVEIRA; JULIANA NOTARNICOLA. Litomosoides silvai (Nematoda: Onchocercidae) parasitizing Akodon montensis (Rodentia: Cricetidae) in the southern region of Brazil. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 26, n. 4, p. -, Dez. 2017.
KRAWCZAK, FELIPE S.; BINDER, LINA C.; OLIVEIRA, CAROLINE S.; COSTA, FRANCISCO B.; MORAES-FILHO, JONAS; MARTINS, THIAGO F.; SPONCHIADO, JONAS; MELO, GERUZA L.; GREGORI, FABIO; POLO, GINA; OLIVEIRA, STEFAN V.; LABRUNA, MARCELO B. Ecology of a tick-borne spotted fever in southern Brazil. Experimental and Applied Acarology, v. 70, n. 2, p. 219-229, OCT 2016. Citações Web of Science: 8.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.