Busca avançada
Ano de início
Entree

Polimorfismos genéticos associados com desfechos cardiovasculares e controle da pressão arterial em hipertensos resistentes do subestudo INVEST-GENE (the international Verapamil-Trandolapril study)

Processo: 12/21782-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 11 de março de 2013
Vigência (Término): 10 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Clínica
Pesquisador responsável:Heitor Moreno Junior
Beneficiário:Vanessa Fontana
Supervisor no Exterior: Julie A. Johnson
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:12/01386-7 - Impacto dos polimorfismos genéticos da leptina, adiponectina e aldosterona sintase sobre o perfil hemodinâmico e a resposta anti-hipertensiva em hipertensos resistentes., BP.PD
Assunto(s):Farmacogenética   Pressão sanguínea   Hipertensão

Resumo

A Hipertensão Resistente é definida por elevados níveis de pressão arterial concomitante ao uso de três classes diferentes de anti-hipertensivos, sendo, pelo menos um destes pertencente à classe dos diuréticos, ou ainda pacientes que necessitam quatro ou mais classes de antihipertensivos para obterem controle da pressão arterial. Estes pacientes possuem risco cardiovascular aumentado comparados com pacientes com hipertensão não-resistente. A resistência ao tratamento envolve múltiplos mecanismos e etiologias e o perfil genético possui um importante papel neste processo. Estudos de associação genética têm demonstrado que algumas variantes genéticas estão associadas com resposta pressórica a anti-hipertensivos e com desfechos cardiovasculares. No entanto, há poucos estudos de associação genética abordando desfechos cardiovasculares e controle da pressão arterial na hipertensão resistente. O objetivo deste estudo é avaliar a associação entre variantes genéticas em um arranjo de genes relacionados ao sistema cardiovascular e eventos cardiovasculares (morte, infarto do miocárdio e acidente vascular encefálico) em pacientes hipertensos resistentes do estudo INVEST-GENE. Os pacientes hipertensos resistentes serão selecionados a partir dos pacientes do estudo INVEST e os genótipos previamente obtidos utilizando o arranjo Illumina Human CVD bead chip serão analisados nesta população. Serão excluídos da análise amostras com call rate menor que 95% e SNPs com call rate menor que 90%. Uma análise Principal Component (PCA) será feita para todos os indivíduos usando o método EINGENSTRAT. Todas as análises estatísticas serão feitas usando o SAS 9.2 (SAS Institute) ou PLINK. O equilíbrio de Hardy-Weinberg será avaliado pelo teste Ç2. Apenas as variantes com frequência do alelo mais raro > 0,05 serão incluídas na análise. Análise de regressão logística será utilizada para avaliar a associação de cada variante individualmente e ajustada para idade, sexo, infarto do miocárdio prévio, insuficiência cardíaca, diabetes e principal components. (AU)