Busca avançada
Ano de início
Entree

Relações entre piloto e vinheta no seriado Dexter

Processo: 12/22070-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Jean Cristtus Portela
Beneficiário:Paula Cristina dos Reis Costa
Instituição Sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Semiótica   Seriado (gênero)   Vinhetas   Competência discursiva   Análise linguística
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:dexter | missividade | piloto | Semiótica Greimasiana | semissimbolismo | Vinheta | Semiótica Greimasiana

Resumo

Os pilotos ou episódios-piloto (primeiro episódio de um seriado) cumprem a importante função de não somente convencerem os grandes executivos de uma produtora ou emissora a comprarem e produzirem o produto audiovisual, mas também de fazerem com que o público se interesse por um dado universo ficcional, dando ao telespectador os elementos essenciais que tornam a narrativa atraente. As vinhetas de televisão, em especial as vinhetas de abertura, cresceram em importância na grade de programação desde o surgimento do veículo, atraindo a atenção do espectador para os mais diversos gêneros e formatos. Para o senso comum, os aspectos tecnológicos relacionados aos videografismo destacam-se em muitas vinhetas de abertura mais do que propriamente a construção e a condensação da narrativa associada a este ou aquele produto audiovisual. Pelo sentido que produzem, que coloca em causa a identidade visual e narrativa do programa e, muitas vezes, da emissora, as vinhetas constituem um campo rico de exploração para a Semiótica, já que permitem ao analista observar procedimentos de condensação narrativa e discursiva em sua relação com as escolhas que organizam o plano da expressão dessas micronarrativas audiovisuais contemporâneas. Os objetos de análise escolhidos para esta pesquisa foram o episódio-piloto e a vinheta do seriado americano Dexter (Showtime, EUA, 2006), cuja qualidade tem chamado atenção do público e da crítica desde sua primeira temporada. O objetivo desta pesquisa é analisar, com base na teoria semiótica de origem greimasiana, como Dexter configura seu piloto e sua vinheta de abertura por meio de relações intra e intersemiótica de caráter semissimbólico e missivo, de modo a torná-los produtos audiovisuais que contêm de forma esquemática elementos condensados das dimensões pragmática, cognitiva e passional do seriado.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)