Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise cladística da subfamília Tegulinae (Vetigastropoda: Trochoidea)

Processo: 12/25173-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Luiz Ricardo Lopes de Simone
Beneficiário:Ana Paula Siqueira Dornellas
Supervisor no Exterior: M. G. (Jerry) Harasewych
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Smithsonian National Museum of Natural History, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:10/18864-3 - Análise cladística da subfamília Tegulinae (Vetigastropoda: Trochoidea), BP.DR
Assunto(s):Evolução animal   Gastropoda   Anatomia comparada

Resumo

A subfamília Tegulinae é representada por 40 espécies do gênero Tegula e o gênero monoespecífico Norrisia. A posição dessa subfamília ainda é incerta em relação às famílias Trochidae e Turbinidae e os arranjos sistemáticos propostos para esse táxon não são consensuais e filogenéticos, portanto é evidente a necessidade de estudos aprofundados das relações de parentescos, da taxonomia, bem como o levantamento de dados anatômicos dos tegulíneos. Tal prática ambiciona uma amostragem mais abrangente possível para elucidar as relações filogenéticas e conseguir rearranjar satisfatoriamente os clados de Tegulinae. Portanto, os principais objetivos do estágio proposto são: a) completar a amostragem de táxons e o levantamento do maior número de caracteres morfológicos possíveis para a análise cladística; b) análise das séries tipos das espécies de Tegulinae; c) obtenção de toda a bibliografia relevante; d) interação com pesquisadores das coleções visitadas. Tal tipo de estudo se justifica com base na construção de um sistema geral de referência para a diversidade biológica e a história evolutiva do grupo, a qual é acentuada em táxons que não contam com especialistas. O projeto foi programado para uma estadia de seis meses no exterior, sendo os primeiros cinco meses no Smithsonian Institution - National Museum of Natural Hystory (Washington, D.C.), para as análises supracitadas; e o sexto mês, nas demais grandes coleções americanas para a análise do material tipo: American Museum of Natural History, Nova Iorque (uma semana); Museum of Comparative Zoology, Boston (uma semana); Field Museum of Natural History, Chicago (uma semana); Natural History Museum of Los Angeles Country, Los Angeles (uma semana) e The Academy of Natural Sciences, Filadélfia (uma semana). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DORNELLAS, ANA PAULA S.; SIMONE, LUIZ R. L. New morphological data on Solariella obscura (Trochoidea: Solariellidae) from New Jersey, USA. Zoologia, v. 32, n. 2, p. 162-170, APR 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.