Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vitro da biocompatibilidade de amostras porosas de ligas de titânio para aplicação biomédica

Processo: 12/13338-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Yasmin Rodarte Carvalho
Beneficiário:Fernanda Bastos Pereira Tessarin
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Porosidade   Implantodontia   Ósseointegração   Titânio   Teste de biocompatibilidade

Resumo

Os materiais utilizados para a fabricação de implantes cirúrgicos necessitam ser biocompatíveis e resistentes à corrosão, além de apresentar adequado módulo de elasticidade. O titânio (Ti) e suas ligas são os materiais mais usados para este fim, já que sua elasticidade pode ser controlada pela confecção de poros e pelo material do qual o implante é fabricado. O objetivo deste estudo será avaliar a influência de diferentes amostras porosas, sobre a atividade de osteoblastos. Tais amostras serão confeccionadas, por metalurgia do pó e serão divididas em 5 grupos: a) grupo 1: controle - Ti puro grau 2 (comercialmente puro - CP); b) grupo 2: liga de Ti-6Al-4V (titânio-alumínio-vanádio); c) grupo 3: liga de Ti-13Nb-13Zr (titânio-nióbio-zircônia); d) grupo 4: liga de Ti-35Nb (nióbio); e) grupo 5: liga de Ti-35Nb-7Zr-5Ta (titânio-nióbio-zircônia-tântalo). As células osteogênicas serão obtidas da calvária de ratos recém-nascidos e serão cultivadas sobre 18 amostras de cada grupo e avaliadas quanto à adesão, viabilidade celular (citotoxicidade), conteúdo de proteína total, atividade da fosfatase alcalina, produção de TGF-²1, TNF-± e IL-6 após 3, 7 e 14 dias. A formação e quantificação dos nódulos de mineralização serão analisadas após 14 dias. Os resultados serão analisados estatisticamente, com nível de significância 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DO PRADO, RENATA FALCHETE; ESTEVES, GABRIELA CAMPOS; DE SOUZA SANTOS, EVELYN LUZIA; GRITI BUENO, DAIANE ACACIA; ALVES CAIRO, CARLOS ALBERTO; OLIVEIRA DE VASCONCELLOS, LUIS GUSTAVO; SAGNORI, RENATA SILVEIRA; PEREIRA TESSARIN, FERNANDA BASTOS; OLIVEIRA, FELIPE EDUARDO; DE OLIVEIRA, LUCIANE DIAS; LIMA VILLACA-CARVALHO, MARIA FERNANDA; RODRIGUES HENRIQUES, VINICIUS ANDRE; CARVALHO, YASMIN RODARTE; REIS DE VASCONCELLOS, LUANA MAROTTA. In vitro and in vivo biological performance of porous Ti alloys prepared by powder metallurgy. PLoS One, v. 13, n. 5 MAY 17 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.