Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura populacional e reprodução de espécies de Ofiuróides em diferentes substratos biológicos

Processo: 12/20108-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Fosca Pedini Pereira Leite
Beneficiário:Karine Ferreira Ribeiro Mansur
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Reprodução   Ophiuroidea

Resumo

A classe Ophiuroidea constitui um grupo abundante nas comunidades marinhas, está comumente associado a outros organismos devido ao comportamento críptico de seus indivíduos, o que os tornam pouco visíveis e é, em parte, responsável pelo pouco conhecimento de diversos aspectos da biologia do grupo. A associação destes animais com diferentes substratos, como esponjas e algas, mostra-se vantajosa já que podem oferecer refúgio contra predadores e condições ambientais adversas, diponibilidade de alimento e, portanto, local adequado para o desenvolvimento da fauna associada. Pretende-se estudar e comparar aspectos da biologia populacional relacionada com a distribuição da frequência por tamanho e reprodução de espécies comuns de ofiuróides associadas aos substratos biológicos: Ophiactis savignyi com a esponja Mycale angulosa, O. savignyi, Ophiactis lymani e Amphipholis squamata com a alga Caulerpa racemosa. Os indivíduos do grupo serão identificados em nível específico, contados e analisados quanto à possibilidade de regeneração. As amostras das esponjas foram coletadas trimensalmente no canal de São Sebastião, litoral Norte do Estado de São Paulo, no período de maio de 2011 a março de 2012. As amostras das algas foram coletadas na praia da Fortaleza, em Ubatuba, no período de agosto de 2004 a junho de 2005. Os ofiuróides terão os seus discos medidos para análise da estrutura populacional e regeneração. Os seus braços serão contatos e medidos, assim os indivíduos serão divididos em categorias (fissão recente, processo de regeneração e intacto) e relacionados com a assimetria do disco com intuito de avaliar a possível ocorrência de regeneração como indicativo de reprodução assexuada.