Busca avançada
Ano de início
Entree

Conflito entre esforço parental e esforço de acasalamento no opilião Serracutisoma proximum (Arachnida: Opiliones): país dedicados ou garanhões interesseiros?

Processo: 12/23022-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Glauco Machado
Beneficiário:Louise Alissa de Morais
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reprodução   Seleção sexual

Resumo

De acordo com a teoria da alocação reprodutiva, os indivíduos parentais são selecionados a otimizar, em cada evento reprodutivo, a alocação de recursos e energia entre o esforço parental e o esforço de acasalamento, maximizando assim o sucesso reprodutivo total. Em espécies com cuidado paternal, as demandas conflitantes entre esforço parental e esforço de acasalamento são particularmente evidentes, pois enquanto estão exercendo cuidado, os machos podem estar privados da possibilidade de copular com outras fêmeas. Serracutisoma proximum é um opilião em que os machos defendem haréns na vegetação e que podem exercer cuidado paternal facultativo se as fêmeas desertarem ou morrerem. A espécie, portanto, é um bom modelo para testar as seguintes hipóteses: (1) quanto maior a atratividade de um macho, menor é a probabilidade de que este macho exerça cuidado paternal facultativo e maior a probabilidade dele exercer canibalismo filial; (2) quanto maior o valor da prole, mensurado aqui como o número de ovos na desova, maior a probabilidade que o macho exerça cuidado paternal facultativo e menor a probabilidade dele exercer canibalismo filial; (3) quanto maior a certeza da paternidade, maior a probabilidade que o macho exerça cuidado paternal facultativo e menor a probabilidade dele exercer canibalismo filial. Essas hipóteses serão testadas por meio de um experimento realizado em campo durante o pico da estação reprodutiva. Dado que o cuidado paternal facultativo parece ser um passo intermediário na evolução do cuidado paternal exclusivo, este estudo poderá aumentar nossa compreensão sobre a evolução do cuidado paternal. Se por um lado, estudos recentes mostram que a seleção sexual é uma força importante para a manutenção do cuidado paternal, nossos resultados lançarão luz sobre como este comportamento pode ter aparecido no passado a partir de uma condição ancestral de poliginia por defesa de recursos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALISSA, L. M.; MUNIZ, D. G.; MACHADO, G. Devoted fathers or selfish lovers? Conflict between mating effort and parental care in a harem-defending arachnid. JOURNAL OF EVOLUTIONARY BIOLOGY, v. 30, n. 1, p. 191-201, JAN 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.