Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto do programa de bolsa estágio de pesquisa no exterior (BEPE) - associado ao mestrado com bolsa FAPESP (processo no 2012/05784-7): Estudo das características físico-químicas de fibras têxteis vegetais da família Malvaceae

Processo: 12/23529-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 18 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 17 de julho de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Júlia Baruque Ramos
Beneficiário:Bárbara Maria Gama Guimarães
Supervisor no Exterior: Diana Cayuela Marin
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universitat Politècnica de Catalunya (UPC), Espanha  
Vinculado à bolsa:12/05784-7 - Estudo das características fisicoquímicas de fibras têxteis vegetais da família Malvaceae, BP.MS
Assunto(s):Têxteis   Materiais compósitos   Fibras vegetais   Malvaceae

Resumo

O presente projeto visa a concessão da Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE), associado ao mestrado com bolsa FAPESP (processo no 2012/05784-7), "Estudo das características físico-químicas de fibras têxteis vegetais nativas brasileiras da família Malvaceae", no qual será realizada a caracterização física e química de espécies vegetais da família Malvaceae e o estudo das propriedades dessas fibras ao que tange a possibilidade de utilização em diversos setores da indústria. A pesquisa consiste na caracterização físicoquímica de 06 espécies vegetais, já coletadas, da família Malvaceae, são elas: Sida cordifolia L; Sida carpinifolia L. f.; Sida rhombifolia L; Sidastrum paniculatum (L.) Fryxell; Wissadula subpeltata (Kuntze) R. E. Fries e Malvastrum coromandelianum (L.) Gurck, as quais serão submetidas, na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH - USP), a testes físicos de alongamento, elasticidade e resistência realizados em dinamômetro; determinação do teor de regain e umidade; determinação da densidade da fibra; testes químicos de combustão, determinação do pH do extrato aquoso, efeito dos solventes orgânicos, álcalis, ácidos, determinação da quantidade de celulose, hemicelulose e lignina. Pretende-se ainda, no âmbito do presente projeto BEPE, realizar na Universidad Politécnica da Catalunya (UPC - Espanha), Digital Scanning Calorimetry (DSC), TGA (Thermogravimetric analysis, Scanning Electron Microscopy (SEM) e Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). Meter fiber length e Density gradients column. Esta pesquisa acarretará aquisição de conhecimento sobre nossa flora e sua empregabilidade, possibilitando novas publicações e possibilidades de aplicações dessas fibras. (AU)