Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de inibidores de proteínas fosfatases na expressão e/ou atividade de proteínas quinases de câncer de pâncreas

Processo: 12/24385-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Karin Juliane Pelizzaro Rocha
Beneficiário:Marina Pereira Dias
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/51602-5 - Biologia química: novos alvos moleculares naturais e sintéticos contra o câncer, estudos estruturais, avaliação biológica e modo de ação, AP.TEM
Assunto(s):Invasividade neoplásica   Neoplasias pancreáticas

Resumo

O câncer de pâncreas é extremamente agressivo e de prognóstico ruim, principalmente porque o diagnóstico normalmente se dá tardiamente, comprometendo a eficiência do tratamento. Desta forma, o melhor conhecimento da biologia deste tumor é essencial para identificação de alvos para o tratamento, bem como marcadores para fins de diagnóstico e desenvolvimento de fármacos. Nosso grupo de pesquisa faz parte do projeto temático que tem como objetivo geral a síntese de inibidores de proteínas tirosina fosfatases e utilização dos mesmos como antitumorais. Até o momento 6 compostos derivados da goniotalamina e da pirplatina e um derivado do composto RK682, o RPV10, além de inibirem proteínas tirosina fosfatases (como demonstrado em ensaios cinéticos com enzimas recombinantes) também apresentaram forte efeito tóxico sobre as células de câncer de pâncreas. Sabendo-se que as proteínas fosfatases bem como proteínas quinases desempenham importantes funções celulares através da desfosforilação/fosforilação transiente de proteínas, e que as atividades de ambas as classes de enzimas têm que ser finamente reguladas, o principal objetivo do presente projeto é avaliar a influência destes inibidores na expressão e ou atividade das proteínas quinases tipo receptor (Axl), citoplasmáticas (Akt e ERK p42/44) e nucleares (CDKs) das células de câncer de pâncreas. Além disto, também será avaliado o efeito destes compostos na adesão e migração das células de câncer de pâncreas. Vale ressaltar que estas quinases são importantes para a sobrevivência, proliferação e agressividade do tumor de pâncreas. Portanto, este projeto trará informações relevantes sobre a influência dos inibidores de proteínas fosfatases sobre proteínas quinases e consequentemente, auxiliará na definição do mecanismo antitumoral dos mesmos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TONETO NOVAES, LUIZ FERNANDO; AVILA, CAROLINA MARTINS; PELIZZARO-ROCHA, KARIN JULIANE; VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; DIAS, MARINA PEREIRA; BARBOSA TRIVELLA, DANIELA BARRETO; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO; FERREIRA-HALDER, CARMEN VERISSIMA; PILLI, RONALDO ALOISE. (-)-Tarchonanthuslactone: Design of New Analogues, Evaluation of their Antiproliferative Activity on Cancer Cell Lines, and Preliminary Mechanistic Studies. CHEMMEDCHEM, v. 10, n. 10, p. 1687-1699, OCT 2015. Citações Web of Science: 5.
BARCELOS, ROSIMEIRE COURA; PELIZZARO-ROCHA, KARIN JULIANE; PASTRE, JULIO CEZAR; DIAS, MARINA PEREIRA; FERREIRA-HALDER, CARMEN VERISSIMA; ALOISE PILLI, RONA IDO. A new goniothalamin N-acylated aza-derivative strongly downregulates mediators of signaling transduction associated with pancreatic cancer aggressiveness. EUROPEAN JOURNAL OF MEDICINAL CHEMISTRY, v. 87, p. 745-758, NOV 24 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.