Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da qualidade do sono e do estresse na acne pápulo-pustulosa em mulheres adultas

Processo: 12/22911-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Monica Levy Andersen
Beneficiário:Rachel Gimenes Rodrigues Albuquerque
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Psicobiologia   Estresse   Sono

Resumo

A acne é uma doença caracterizada pela inflamação dos folículos pilossebáceos resultando em comedões, pápulas e lesões mais desenvolvidas presentes principalmente na face e no pescoço. Afeta a auto-estima do paciente, uma vez que atinge diretamente o conceito estético, especialmente tratando-se de mulheres adultas. Este tipo de acne pode estar relacionado com fatores de estresse e qualidade de sono. O sono tem efeito fundamental na secreção hormonal, principalmente de glicocorticoides (hormônios intimamente relacionados com o estresse). Portanto, há interesse em buscar uma correlação entre estes fatores e a acne na mulher adulta para entender melhor esta patologia e possivelmente desenvolver novos tratamentos. Para este estudo serão selecionadas 60 mulheres distribuídas em 2 grupos: grupo acne (pacientes com acne) e grupo controle (pacientes sem a doença). As pacientes do grupo acne serão tratadas e acompanhadas por um médico dermatologista durante 6 meses. Todas responderão a questionários sobre ciclo menstrual, estresse EPS-16 e índice de qualidade de sono de Pittsburgh e haverá coleta sanguínea para dosagem de ACTH e cortisol antes e após o período de tratamento. Os níveis de testosterona livre e total também serão dosados para confirmar se a paciente é normoandrogênica. Espera-se que as mulheres com acne apresentem ciclo menstrual irregular, níveis de estresse altos, sono de qualidade inferior e consequentemente níveis de ACTH e cortisol mais elevados do que as pacientes sem acne. Este estudo busca auxiliar o tratamento das mulheres adultas com acne, para que seja realizado de forma mais eficaz, contribuindo não somente para a saúde da mulher, mas também para a sua qualidade de vida, dependente de uma boa auto-estima.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.