Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil de expressão de microRNAs no miocárdio na infecção aguda pelo Trypanosoma Cruzi em camundongos

Processo: 12/21385-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Edecio Cunha Neto
Beneficiário:Isabela Cunha Navarro
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Regulação da expressão gênica   MicroRNAs   Biologia molecular   Trypanosoma cruzi

Resumo

A doença de Chagas é uma patologia sistêmica causada pela infecção por parasitas protozoários da espécie Trypanosoma cruzi (T.cruzi). A sua principal consequência clínica é o desenvolvimento da cardiomiopatia chagásica crônica (CCC), uma cardiomiopatia dilatada inflamatória. Sabe-se que pacientes cardiopatas chagásicos têm pior prognóstico, em relação àqueles com outras cardiopatias dilatadas de etiologia não inflamatória. Não foi determinado, no entanto, um indicador de evolução para a CCC ou permanência na forma indeterminada assintomática da doença de Chagas. Diversos trabalhos têm avaliado o perfil global de expressão gênica e proteômica e as alterações ocorridas na fase aguda e crônica da doença de Chagas experimental e humana. Tais alterações advêm da regulação estabelecida em diversos níveis da expressão gênica e podem ser fatores relevantes no prognóstico da doença. Neste contexto, vários trabalhos têm indicado a importância de pequenas moléculas de RNA não codificantes, denominadas microRNAs, que exercem função reguladora na maioria dos processos celulares. Sua ação se dá pela associação, total ou parcial, a um RNA mensageiro (RNAm) alvo, inibindo sua tradução ou degradando este transcrito. Desequilíbrios na expressão de microRNAs têm sido associados à gênese de diversas patologias, dentre elas doenças cardíacas e parasitárias. Diante do exposto, a hipótese deste trabalho é a de que a infecção aguda por T. cruzi modula a expressão de microRNAs do hospedeiro. Sabendo-se que alterações importantes no perfil de expressão gênica do miocárdio são comuns às fases aguda e crônica da doença de Chagas, o objetivo geral do presente projeto é avaliar o perfil de expressão de microRNAs durante a fase aguda da infecção por T. cruzi em camundongos. Para tanto, serão extraídos microRNAs do tecido miocárdico de camundongos infectados por este parasita por 6, 12 ou 24 dias. O perfil de microRNAs expressos será determinado pela tecnologia de TaqMan Low Density Arrays (TLDA). Serão preditos possíveis RNAm alvos destas moléculas por análise bioinformática e os dados encontrados serão associados a resultados prévios de expressão gênica e proteica do grupo e da literatura, de maneira a aprimorar a compreensão acerca da patogênese da doença de Chagas.