Busca avançada
Ano de início
Entree

Dieta de Lycalopex vetulus (RAPOSINHA) e seu papel como dispersor de sementes em uma paisagem silvicultural do Estado de São Paulo

Processo: 12/23186-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Carla Gheler Costa
Beneficiário:Lais Reia
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Dieta   Ecologia trófica   Dispersão de sementes

Resumo

Os carnívoros atuam como importantes componentes ecológicos dos ecossistemas, pois controlam a abundância, a distribuição e a diversidade das populações de suas presas. Desta forma, são considerados como espécies-chaves na manutenção e restauração da diversidade e da resiliência dos ecossistemas. A maioria das espécies de carnívoros possui certas especificidades principalmente relacionadas ao tamanho de área de vida e dieta. As alterações antrópicas na paisagem provocam mudanças na dieta das espécies, ou seja, algumas adaptações a nova composição da paisagem ocorrem ao longo do tempo na dieta principalmente devido a fatores como diminuição de presas preferenciais. Embora a raposinha, Lycalopex vetulus, seja um Canideo relativamente comum, não há muita informação sobre sua dieta e seu papel como dispersor de sementes nos diferentes habitats onde ocorre, principalmente, em se tratando de paisagens alteradas com predomínio de silvicultura. Dessa forma, este estudo tem como objetivo reportar a dieta de L. vetulus e sua importância como dispersor e/ou predador de sementes, e ainda testar a taxa de germinação de sementes após estas passarem pelo trato digestório do animal. Informações provenientes da dieta apontarão os possíveis caminhos adaptativos encontrados pelas espécies para sobrevivência em uma paisagem fragmentada, com componentes agrícolas e urbanos.