Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação in vitro e in vivo de vetores de entrega gênica baseados na cadeia leve de Dineína Rp3 e peptídeos sintéticos

Processo: 12/18850-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Adriano Rodrigues Azzoni
Beneficiário:Marianna Teixeira de Pinho Favaro
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/20193-3 - Desenvolvimento de vetores de entrega gênica baseados na cadeia leve de Dineína Rp3 e no peptídeo T22 para direcionamento celular baseado em CXCR4, BE.EP.DR
Assunto(s):Terapia genética   Proteínas recombinantes   Vacinas de DNA

Resumo

Um dos principais obstáculos à ampla aplicação da terapia gênica e da vacina de DNA é a falta de um vetor ideal de entrega gênica, que seja ao mesmo tempo eficiente e seguro. Embora mais seguros, os vetores não virais enfrentam uma série de barreiras físicas, enzimáticas e difusionais que limitam a chegada do transgene ao núcleo das células alvo. Dando continuidade ao trabalho inicialmente desenvolvido durante o mestrado da aluna, o principal objetivo deste projeto é desenvolver vetores não virais multifuncionais baseados em proteínas recombinantes, e avaliá-los in vitro e também in vivo. Nossa abordagem utiliza a proteína recombinante Rp3, uma cadeia leve de dineína, visando assim explorar a capacidade natural dos motores moleculares chamados dineínas para transportar cargas da periferia para o interior da célula, através da rede de microtúbulos. A Rp3 será utilizada fusionada a peptídeos sintéticos: sequências de ligação ao DNA, um peptídeo membrano-ativo (TAT), além de um His.Tag, sendo nomeada T-Rp3. Com este trabalho, busca-se adquirir uma compreensão dos mecanismos envolvidos no tráfego destes vetores. Combinando diferentes técnicas como espalhamento de luz, potencial zeta, ensaios de interação e transfecção, além de microscopia confocal, poderemos correlacionar as propriedades físico-químicas do complexo proteína-pDNA com o tráfego intracelular e eficiência de entrega gênica. A transfecção em células de mamíferos nos permitirá avaliar a eficiência dos nossos vetores para realizar entrega gênica in vitro, e finalmente, poderemos avaliar o potencial do nosso vetor através de ensaios in vivo (camundongos) e um modelo de fibrose cística, com os quais realizaremos experimentos de imunohistoquímica e quantificação da expressão do gene repórter.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE PINHO FAVARO, MARIANNA TEIXEIRA; UNZUETA, UGUTZ; DE CABO, MARTI; VILLAVERDE, ANTONIO; FERRER-MIRALLES, NEUS; AZZONI, ADRIANO RODRIGUES. Intracellular trafficking of a dynein-based nanoparticle designed for gene delivery. European Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 112, p. 71-78, JAN 15 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FAVARO, Marianna Teixeira de Pinho. Avaliação de proteínas modulares para a entrega de genes e drogas : Evaluation of modular proteins for gene and drug delivery. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.