Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento de cristais e condutividade elétrica em vidros LAGP

Processo: 12/24455-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Ana Candida Martins Rodrigues
Beneficiário:Artur Clarindo Pinto
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cristalização   Vitrocerâmica   Condutividade iônica   Crescimento de cristais   Vidro

Resumo

Devido à sua elevada condutividade iônica, compostos com estrutura Nasicon, de fórmula geral Li1+xAl xTi2-xP3O12 (LATP) ou Li1+xAl xGe2-xP2O12 (LAGP), têm sido amplamente investigados devido à possibilidade de seu emprego como eletrólitos sólidos em baterias de lítio. Além da rota clássica de sinterização, estes compostos têm sido obtidos também na forma de vitrocerâmicas, alegando-se inicialmente, como vantagem principal, a obtenção de um material com baixa porosidade. Trabalhos anteriores no nosso grupo de pesquisa demonstraram que os vidros LATP e LAGP apresentam nucleação no volume, abrindo a possibilidade para o controle microestrutural destas vitrocerâmicas e para o estudo das relações microestrutura-condutividade elétrica. No entanto, apesar do grande interesse despertado pela rota vitrocerâmica, ainda não estão disponíveis em literatura dados sobre taxas de nucleação ou crescimento de cristais em vidros destas famílias. Assim, será objetivo principal deste projeto, a medida experimental das taxas de crescimento de cristais em vidros LAGP. Como segundo objetivo, serão realizadas medidas de condutividade elétrica nas amostras utilizadas para as medidas de taxas de crescimento, a fim de se investigar o comportamento da condutividade elétrica em vidros LAGP parcialmente cristalizados, em função de sua fração cristalizada.