Busca avançada
Ano de início
Entree

Origem e evolução da fusão nos migmatitos e granulitos da nappe socorro-guaxupé, na região de alfenas (mg)

Processo: 12/22380-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 22 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Renato de Moraes
Beneficiário:Brenda Chung da Rocha
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/05563-6 - Integração de Datação U-Pb in-situ em minerais acessórios utilizando LA-ICP-MS com dados P-T em rochas metamórficas de alto grau da Nappe Socorro-Guaxupé, BE.EP.DR
Assunto(s):Migmatito   Petrologia metamórfica   Granulito   Geoquímica

Resumo

A Nappe Socorro-Guaxupé representa um domínio de arco magmático onde ocorrem granulitos e migmatitos que registram a colisão da Placa Paranapanema com a Placa Sanfranciscana, no Neoproterozóico. A Nappe Socorro-Guaxupé é caracterizada por uma pilha alóctone de três unidades distintas de crosta continental inferior: Unidade Granulítica Basal, Unidade Diatexítica Intermediária e Unidade Migmatítica Superior. Na região de Alfenas (MG) ocorrem boas exposições de granulitos e migmatitos da Nappe Socorro-Guaxupé, fornecendo condições excelentes para o estudo dos processos de fusão em crosta continental profunda. A melhor exposição da Unidade Granulítica Basal na área de estudo encontra-se na Pedreira Santa Terezinha, localizada a sul de Alfenas, em que afloram granulitos máficos e félsicos cortados por veios de charnockito e hornblenda granito. A Unidade Diatexítica Intermediária encontra-se bem exposta em uma pedreira abandonada na estrada que liga Alfenas a Machado (MG-179). Nesta pedreira ocorrem tanto metatexitos estromáticos com lentes de granulito máfico intercaladas, que podem representar restitos, como diatexitos nebulíticos félsicos com grandes volumes de leucossoma de coloração rosada, que representam o produto de fusão de uma rocha distinta do metatexito estromático. A análise de aspectos petrológicos e estruturais nas duas pedreiras indica que ambos os conjuntos foram submetidos à fusão parcial, porém com controle da fusão definido primariamente pela fertilidade do protólito, ou secundariamente, pelas condições de T, P e XH2O da fusão. Essas exposições propiciam a observação do processo de fusão, da formação de leucossoma e veios espessos de charnockitos e granitos, formados in situ ou mobilizados, mas ainda na fonte. Pretende-se neste trabalho investigar os processos de fusão e metamorfismo através de mapeamento detalhado das duas pedreiras visando estabelecer as relações estruturais entre os litotipos, em conjunto com estudos de petrografia para determinar as relações texturais principais. Com auxílio de química de rocha total, de elementos menores e traço, e química mineral, o processo de fusão será investigado, bem como as reações retrometamórficas comumente observadas nessas rochas. A química mineral será investigada com microssonda eletrônica e ICP-MS com ablação a laser. Diferentes métodos termodinâmicos serão utilizados na busca das condições do auge metamórfico, incluindo desde geotermobarometria clássica até cálculos P-T obtidos a partir de minerais acessórios, tais como Zr em rutilo, Ti em zircão, Ti em quartzo, e o par monazita-granada. Serão utilizadas técnicas de datação in situ, como LA-ICP-MS e/ou SHRIMP, em alguns dos minerais usados nos cálculos P-T, visando à determinação dos intervalos de tempo envolvidos nos processos de metamorfismo e fusão, além do estabelecimento de trajetórias P-T-t.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, BRENDA CHUNG; MORAES, RENATO; MOLLER, ANDREAS; CIOFFI, CAUE RODRIGUES. Magmatic inheritance vs. UHT metamorphism: Zircon petrochronology of granulites and petrogenesis of charnockitic leucosomes of the Socorro-Guaxupe nappe, SE Brazil. LITHOS, v. 314, p. 16-39, AUG 2018. Citações Web of Science: 7.
ROCHA, B. C.; MORAES, R.; MOLLER, A.; CIOFFI, C. R.; JERCINOVIC, M. J. Timing of anatexis and melt crystallization in the Socorro-Guaxupe Nappe, SE Brazil: Insights from trace element composition of zircon, monazite and garnet coupled to U-Pb geochronology. LITHOS, v. 277, n. SI, p. 337-355, APR 15 2017. Citações Web of Science: 18.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROCHA, Brenda Chung da. Idade, duração e condições P-T do metamorfismo de temperatura ultra-alta, anatexia e cristalização de fundido na nappe Socorro-Guaxupé. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Geociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.