Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de solos utilizando técnicas fotônicas visando o desenvolvimento de equipamentos portáteis para medidas in situ

Processo: 12/22196-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Débora Marcondes Bastos Pereira
Beneficiário:Jader de Souza Cabral
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14270-8 - Centro de Ciências Ópticas e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Matéria orgânica do solo

Resumo

O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, consequentemente, é líder na produção de bioetanol, uma energia limpa e renovável que se encaixa no modelo de economia sustentável tão discutido e buscado por nossa sociedade. Nosso estado de São Paulo concentra 60% desta produção nacional, representando uma fatia considerável na escala de produção mundial. Todo esse potencial econômico é acompanhado de perto pela comunidade científica, que desenvolve inúmeras pesquisas buscando uma melhora na eficiência de produção e uma redução dos impactos ambientais causados pelo plantio. Entretanto, o estudo de solos das áreas de plantio necessita de resultados a respeito dos teores e formas estruturais da matéria orgânica (MO), bem como da dependência do acúmulo de carbono no solo de acordo com o tipo de manejo do mesmo. É neste contexto que está fundamentado o presente projeto, que tem como objetivo empregar técnicas fotônicas, com potencial de portabilidade para análise in situ, no estudo do solo utilizado no plantio de cana-de-açúcar, considerando-se os diferentes tipos de manejo. Serão usadas técnicas de fluorescência induzida por laser (LIFS), espectroscopia de fluorescência resolvida no tempo e espectroscopia de emissão ótica com plasma induzido por laser (LIBS). Os dados obtidos serão analisados utilizando recursos quimiométricos, entre eles a chamada técnica PARAFAC.

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
Campo iluminado