Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa das estruturas tópicas no discurso musical: a Missa de Réquiem de João Domingos Bomtempo e a música sacra na Europa e no Brasil colonial dos séculos XVIII e XIX

Processo: 12/11288-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Diósnio Machado Neto
Beneficiário:Ágata Yozhiyoka Almeida
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):História da música   Musicologia   Retórica   Análise musical   Estudo comparativo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análise Musical | história da música | Retórica | Semiótica Musical | Tópicas | Musicologia Histórica

Resumo

Este projeto de iniciação científica buscará abordar teorias desenvolvidas a partir da segunda metade do século XX, tendo o estudo de Leonard G. Ratner como pioneiro sobre a significação das tópicas no discurso musical. O objetivo deste projeto de pesquisa é correlacionar a utilização das tópicas musicais com a compreensão do discurso musical nas partes móveis (Introitus, Sequentia, Offertorium e Communio), da Missa de Réquiem (Op. 23) do compositor português João Domingos Bomtempo, sendo assim, encontrar possíveis recorrências de padrões tópicos em obras de compositores europeus e do Brasil colonial do final do século XVIII e meados do século XIX. Para isso, pretende-se realizar um mapeamento das estruturas tópicas no discurso musical, na música sacra europeia e brasileira, com o intuito de buscar certos padrões recorrentes do processo composicional nas missas de Réquiem. Devido à escassez do estudo das tópicas na musicologia luso-brasileira, buscar-se-á estudar e sistematizar as particularidades dessa teoria e sua aplicação em obras como a de João Domingos Bomtempo. O desenvolvimento desta pesquisa possibilitará verificar as recorrências dos processos da teoria das tópicas, tornando possível localizar as características composicionais de Bomtempo dentro do discurso musical, correlacionando os reflexos da recepção musical da época e sua presença na tradição retórico-musical europeia em Portugal e no Brasil colonial. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)