Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da proximidade de estradas sobre a frugivoria em fragmentos florestais, utilizando frutos artificiais

Processo: 12/18692-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Milton Cezar Ribeiro
Beneficiário:Maria Luisa Branco Soares
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Fragmentação   Animais frugívoros

Resumo

Os maiores impactos que as estradas causam no nível de paisagem são a interrupção dos processos nela existentes e a perda de biodiversidade, alterando assim, o funcionamento da paisagem. Os estudos que relacionam estradas e seus impactos nos ecossistemas e na biodiversidade focam em efeitos potenciais, tais como atropelamento de animais, evitação pela fauna, dispersão de espécies invasoras, fragmentação de habitat e impactos no meio físico. No entanto, poucos estudos sobre ecologia de estradas em regiões neotropicais focam em processos ecológicos, sendo a maioria deles voltado para número de espécies e dados de abundância. Sendo assim, este estudo tem o objetivo de analisar o efeito da proximidade de estradas sobre a frugivoria, um processo ecológico chave para a manutenção da biodiversidade. Tal processo foi escolhido por estar fortemente associado a outros dois importantes processos ecológicos, a predação e a dispersão de sementes. Será verificada a taxa de frugivoria e a diversidade de bicadas em frutos artificiais de massa de modelar dispostos em 15 fragmentos localizados a diferentes distâncias de estradas localizadas na região que abrange a Bacia do Rio Corumbataí. Em cada fragmento serão escolhidas 20 árvores jovens ou arbustivas e, em cada uma delas serão dispostos 15 frutos artificiais. Após uma semana de exposição cada conjunto de frutos será avaliado, sendo estes classificados como consumidos, intactos e removidos. As variáveis respostas serão a taxa de frugivoria e a diversidade de bicadas. Com o intuito de avaliar o efeito das estradas na frugivoria será utilizada a abordagem de múltiplas hipóteses concorrentes. Os modelos a serem testados foram selecionados por apresentarem embasamento ecológico, sendo que os mesmos combinarão um ou mais fatores da paisagem ou características dos fragmentos.