Busca avançada
Ano de início
Entree

Salivação em ratos submetidos à hipóxia crônica intermitente

Processo: 13/02027-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 29 de junho de 2013
Vigência (Término): 28 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Patricia Maria de Paula
Beneficiário:Lucas Arrais de Campos
Supervisor no Exterior: Steve Wayne Mifflin
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : UNT Health Science Center, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:10/15021-5 - Participação de receptores purinérgicos na salivação basal e induzida por pilocarpina em ratos, BP.IC
Assunto(s):Pilocarpina   Salivação   Glândulas salivares

Resumo

A salivação está sob o controle do sistema nervoso autônomo. Estudos têm mostrado que animais submetidos à hipóxia crônica e a aplicação de soluções hipóxicas e anóxicas em glândulas salivares isoladas diminuem o fluxo salivar. Entretanto não há evidências na literatura de como está a salivação em animais submetidos a hipóxia crônica intermitente (HCI). A exposição à hipóxia crônica intermitente é um modelo animal de hipoxemia arterial que ocorre durante as apneias do sono em humanos. Animais submetidos à HCI apresentam um aumento da pressão sanguínea como é vista em pacientes com apneia do sono e essa hipertensão é dependente do sistema nervoso simpático, angiotensina e os nervos simpáticos renais. Então, o objetivo do presente projeto será investigar a salivação basal e a salivação induzida por pilocarpina (agonista colinérgico muscarínico) administrada intraperitonialmente (ip) em ratos submetidos à normoxia (21% de O2) e à HCI (10% de O2). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.