Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de estruturas magnéticas interplanetárias utilizando observações de raios cósmicos da Rede Global de Detectores de Muons

Processo: 13/02712-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Alisson Dal Lago
Beneficiário:Carlos Roberto Braga
Supervisor no Exterior: Kazuoki Munakata
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Shinshu University, Japão  
Vinculado à bolsa:12/05436-9 - Estudo de Ejeções Solares e seus correspondentes interplanetários utilizando observações conjuntas de detectores de raios cósmicos de superfície e coronógrafos, BP.DR
Assunto(s):Meio interplanetário   Raios cósmicos   Tempestades geomagnéticas   Geofísica espacial

Resumo

Raios cósmicos com energia da faixa de dezenas de GeV são modulados nas proximidades da Terra por estruturas interplanetárias, tais como nuvens magnéticas. As estruturas magnéticas interplanetárias afetam especialmente a difusão e convecção dos raios cósmicos. A partir da observação combinada e simultânea de raios cósmicos secundários (múons) em diversos locais da superfície terrestre é possível reconstruir distribuição espacial dos raios cósmicos primários no meio interplanetário nas vizinhanças na Terra. A distribuição espacial destas partículas, que é modulada pelas estruturas magnéticas, permite determinar a orientação e geometria e das nuvens magnéticas. O objetivo deste projeto é determinar a orientação e geometria de nuvens magnéticas observadas no meio interplanetário entre 2006 e 2012 usando observações combinadas dos quatro detectores de múons da Rede Global de Detectores de Múons. A metodologia consiste em corrigir os efeitos atmosféricos nas observações de múons, determinar a distribuição espacial dos raios cósmicos (vetor anisotropia), o seu gradiente e, por fim, comparando-se com resultados de simulação do transporte dos raios cósmicos no interior da nuvem magnética, determinar sua orientação e geometria. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ADHIKARI, BINOD; SAPKOTA, NIRAKAR; BARUWAL, PRASHRIT; CHAPAGAIN, NARAYAN P.; BRAGA, CARLOS ROBERTO. Impacts on Cosmic-Ray Intensity Observed During Geomagnetic Disturbances. SOLAR PHYSICS, v. 292, n. 10 OCT 2017. Citações Web of Science: 2.
BRAGA, CARLOS ROBERTO; DAL LAGO, ALISSON; ECHER, EZEQUIEL; STENBORG, GUILLERMO; SOUZA DE MENDONCA, RAFAEL RODRIGUES. Pseudo-automatic Determination of Coronal Mass Ejections' Kinematics in 3D. ASTROPHYSICAL JOURNAL, v. 842, n. 2 JUN 20 2017. Citações Web of Science: 2.
KOZAI, M.; MUNAKATA, K.; KATO, C.; KUWABARA, T.; ROCKENBACH, M.; DAL LAGO, A.; SCHUCH, N. J.; BRAGA, C. R.; MENDONCA, R. R. S.; AL JASSAR, H. K.; SHARMA, M. M.; DULDIG, M. L.; HUMBLE, J. E.; EVENSON, P.; SABBAH, I.; TOKUMARU, M. AVERAGE SPATIAL DISTRIBUTION OF COSMIC RAYS BEHIND THE INTERPLANETARY SHOCK-GLOBAL MUON DETECTOR NETWORK OBSERVATIONS. ASTROPHYSICAL JOURNAL, v. 825, n. 2 JUL 10 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.