Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da luminescência opticamente estimulada em BeO e CaF2

Processo: 12/13534-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Elisabeth Mateus Yoshimura
Beneficiário:Felisberto Alves Ferreira Junior
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/16437-0 - Caracterização e aplicações de materiais dosimétricos utilizando a luminescência opticamente estimulada e técnicas complementares, AP.TEM
Assunto(s):Termoluminescência

Resumo

As radiações cada vez mais estão sendo empregadas nas diversas atividades humanas, porém as radiações ionizantes são agentes cancerígenos e seu uso deve estar associado à proteção radiológica. O uso de dosímetros luminescentes passivos, que permitem a determinação da dose absorvida durante um período de exposição à radiação, é uma prática comum ao redor do mundo e em várias instituições brasileiras. Uma das carências na dosimetria por luminescência opticamente estimulada (OSL) é de variedade de materiais e métodos de leitura. Este projeto tem como objetivo ampliar os conhecimentos atuais de alguns materiais interessantes para a técnica OSL, mas que apresentam limitada bibliografia. Serão estudados o óxido de berílio (BeO) e a fluorita natural Brasileira (CaF2 contaminado com terras raras). O óxido de berílio já é reconhecido como bom material para dosimetria OSL, porém ainda não foi estudado exaustivamente. A fluorita brasileira é interessante para dosimetria OSL por ser um material abundante e de fácil aquisição, com comprovado uso como dosímetro TL. O sinal OSL desses materiais será caracterizado observando a resposta do material a diferentes tipos de radiação, correlacionando o sinal OSL com o sinal TL e determinando os valores dos tempos de vida do sinal para a realização de medidas POSL. A execução do presente trabalho também inclui a integração de um espectrômetro de luz ao sistema TL/OSL Risø, permitindo medir o espectro de luz emitido por TL e, se possível, por OSL. Será observado o espectro de luz com a mudança de temperatura, de comprimento de onda da luz estimuladora e do tipo de radiação utilizada para exposição. A realização deste projeto poderá abrir novas frentes de estudo e prover materiais alternativos para dosimetria OSL no Brasil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MALTHEZ, ANNA L. M. C.; MARCZEWSKA, BARBARA; FERREIRA, FELISBERTO; UMISEDO, NANCY K.; NOWAK, TOMASZ; BILSKI, PAWEL; YOSHIMURA, ELISABETH M. OSL dosimetric properties and efficiency of Brazilian natural calcium fluoride pellets. Applied Radiation and Isotopes, v. 135, p. 166-170, MAY 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.