Busca avançada
Ano de início
Entree

Camino Privilexiado: transformações sócio-territoriais em uma aldeia rural fronteiriça entre Galícia (ES) e Portugal

Processo: 13/02680-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 23 de maio de 2013
Vigência (Término): 22 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Rural
Pesquisador responsável:Emilia Pietrafesa de Godoi
Beneficiário:Diego Amoedo Martínez
Supervisor no Exterior: Xerardo Pereiro
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Portugal  
Vinculado à bolsa:11/04146-4 - Usos e desusos das terras de Tourém. Transformações sócio-territoriais em uma aldeia rural fronteiriça entre Galicia (ES) e Portugal., BP.MS
Assunto(s):Territorialidade   Processos sociais

Resumo

Vimos ao longo do mestrado estudando a aldeia fronteiriça do Norte de Portugal chamada Tourém. Depois de termos realizado dois períodos de pesquisa de campo, estamos entrando com o pedido de Estágio de pesquisa no exterior com o fim de poder ampliar, compartilhar e aprofundar nos estudos que vem sendo realizados desde Portugal e mais concretamente desde o Centro de Estudos Transdisciplinares para o Desenvolvimento (CETRAD), sediado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). O CETRAD vem abordando as transformações dos contextos rurais desde de 1988 em que abriram o mestrado em Extensão e Desenvolvimento Rural. Pesquisadores como Xerardo Pereiro, Artur Cristovão e Humberto Martins vêm fazendo uma discussão teórica acerca das transformações sociais dos contextos rurais. Como extensão (sentido amplo) do CETRAD, o Ecomuseu do Barroso está sediado na cidade de Montalegre e, em Tourém tem uma sede que se encontra instalada na Casa do Boi. O Ecomuseu do Barroso é o signo mais visível na aldeia do processo de patrimonialização e as novas configurações desses contextos rurais formam parte do cotidiano de várias aldeias da região. Xerardo Pereiro aborda essa temática desde a década de 2000, diferentes parcerias e estudos já foram realizados por pesquisadores do CETRAD acerca do Ecomuseu e de seus projetos mais específicos. Por esses motivos é que apresentamos esta proposta de estágio no CETRAD, devido ao conhecimento acumulado pelos seus pesquisadores e a proximidade que têm com a temática abordada em nossa pesquisa. (AU)