Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da elevada concentração de glicose sobre a migração de fibroblastos periodontais: potencial regulação de GTPases Rho por micro RNAs

Processo: 12/24508-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Marinilce Fagundes dos Santos
Beneficiário:Mariana Marin Monteiro
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fibroblastos   Hiperglicemia   MicroRNAs

Resumo

O Diabetes mellitus (DM) é caracterizado por hiperglicemia (HG) crônica que, em um longo prazo, gera complicações associadas principalmente ao estresse oxidativo e glicação. Uma das complicações comuns do DM é a cicatrização deficiente; além do comprometimento do sistema vascular, existem estudos sugerindo o comprometimento de funções específicas dos fibroblastos, células importantes no processo cicatricial. Outra complicação frequente do DM é o aumento de incidência de doença periodontal (gengivite e periodontite) e, de forma geral, uma deficiência na cicatrização de lesões orais. Parte deste problema deriva de uma hipofunção de glândulas salivares, mas é provável que a função de fibroblastos na mucosa oral e periodonto também esteja alterada. No processo cicatricial, os fibroblastos proliferam, migram, sintetizam e degradam matriz extracelular (MEC). Na cicatrização/regeneração do ligamento periodontal a atividade migratória é especialmente relevante, já que estas células deverão povoar a superfície radicular limpa antes que o epitélio juncional da gengiva migre sobre a superfície dental e crie uma aderência para formar um epitélio juncional longo. Nós demonstramos recentemente que o estresse oxidativo promovido pela HG afeta negativamente a migração de fibroblastos em diferentes substratos, com redução da velocidade e direcionalidade celulares (LAMERS, et al., 2011). Este efeito foi acompanhado de aumento da frequência de processos celulares não produtivos, por serem instáveis e retrair com frequência. A HG também reduziu a maturação das adesões junto à MEC e aumentou a atividade das GTPases Rac1 e RhoA, que regulam respectivamente a formação dos processos celulares e a contratilidade celular. Também observamos uma diminuição na distribuição de diferentes integrinas na superfície celular (ALMEIDA, 2011). GTPases Rho são proteínas que participam de diferentes vias de sinalização e regulam a organização do citoesqueleto de actina e microtúbulos. Um aspecto importante e pouco explorado na regulação do citoesqueleto e da migração celular é o papel de microRNAs (miRNAs) em vias de sinalização envolvendo GTPases Rho. Sabe-se, no entanto, que o DM altera a expressão de diversos miRNAs (SHEN et. al., 2011). Sendo assim, este estudo tem como principais objetivos: 1) avaliar os efeitos de elevada concentração de glicose sobre a proliferação e migração de fibroblastos periodontais humanos, 2) avaliar a regulação da expressão de miRNAs pela glicose elevada e 3) avaliar a regulação da migração de fibroblastos periodontais por miRNAs diferencialmente expressos nestas condições. Acreditamos que este estudo possa revelar potenciais alvos reguladores da migração de fibroblastos periodontais a serem utilizados na terapia regenerativa em indivíduos normais e diabéticos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MONTEIRO, Mariana Marin. Efeitos da elevada concentração de glicose sobre fibroblastos periodontais humanos - potencial regulação por micrornas 221 e 222.. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.