Busca avançada
Ano de início
Entree

"OS INDESEJÁVEIS": o olhar dos agentes públicos sobre os trecheiros.

Processo: 12/24003-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:José Sterza Justo
Beneficiário:Cledione Jacinto de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Cidades   Nomadismo

Resumo

O presente projeto consiste em investigar a maneira como os profissionais encarregados dos serviços públicos de atenção aos trecheiros concebem esse modo de vida. Importa, sobretudo, identificar imagens, representações e ideias que desqualifiquem a errância ou que a tomem como um modo de vida condenável ou que gera sofrimentos e que, portanto, precisa ser evitado. Interessa, ainda, compreender como, pelo olhar dos profissionais da assistência social, se produz a figura do "indesejável", do estrangeiro, que precisa ser deslocado para outros espaços por meio de políticas públicas assistência. Será oportuno também mapear os espaços da cidade explorados ou destinados a forasteiros desabrigados tais como viadutos, terrenos baldios, praças, becos, trechos abandonados de antigas ferrovias, entre outros e mapear as praticas de acolhimento e/ou afastamento dos trecheiros nas cidades ditas periféricas ou interioranas. A pesquisa será realizada em uma cidade com aproximadamente 90.000 habitantes na região oeste do Estado de São Paulo. Essa cidade está localizada num importante corredor de circulação de trecheiros, formado pelo cruzamento de rodovias tronco que ligam o norte do Estado ao Paraná e a região oeste do Estado à região leste, na qual está situada capital. A metodologia empregada será a etnografia em Psicologia e observação participante. Acompanharemos o trabalho da equipe do município, constituída por assistentes sociais, psicólogos e funcionários de nível médio, lotada no Centro de Referencia Especializada de Assistência Social (CREAS) e na Unidade de Assistência ao Migrante (UAM), para observar as práticas e discursos que constroem em relação a trecheiros que aportam na cidade. O acompanhamento ocorrerá em todas as etapas do trabalho, abrangendo desde a participação em reuniões da equipe para discutir casos e formular estratégias até as abordagens e atendimentos realizados em ruas e praças públicas. No final, os dados obtidos dos registros do acompanhamento do trabalho da equipe serão analisados com recursos técnicos da Analise de Conteúdo e discutidos à luz do referencial teórico e dos resultados de outras pesquisas realizadas sobre o assunto.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)