Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do tempo de prensagem na produção de chapas de partículas com resíduos de madeira

Processo: 13/00585-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Cristiane Inácio de Campos
Beneficiário:Felipe Oliveira Lima
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Itapeva. Itapeva , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais compósitos

Resumo

Os produtos engenheirados de madeira têm apresentado crescente desenvolvimento, principalmente no final do século XX, tornado-se uma interessante alternativa para diversas aplicações, tanto para elementos estruturais como componentes da edificação chegando até a indústria moveleira e de embalagens. Somando a esse crescente desenvolvimento tecnológico surge a necessidade do uso racional da matéria-prima, buscando diferentes formas de aproveitamento quase integral da madeira processada industrialmente. Entretanto, o processamento mecânico da madeira por mais tecnológico que seja não deixa de gerar perdas de matéria-prima. Procurando aproveitar os resíduos gerados no processamento de toras e peças de madeira é que surge a proposta do presente trabalho que busca utilizar tais resíduos para produzir chapas de partículas variando o tempo de prensagem para avaliar a ocorrência ou não de variações nas propriedades físicas e mecânicas dos painéis, e assim observar a possibilidade de redução de consumo energético que é bastante elevado nesta etapa. As chapas de partículas serão produzidas em três camadas, com partículas menores nas camadas externas e maiores no interior do painel e, na sequência, será realizada a caracterização físico-mecânica atendendo as especificações do documento normativo NBR 14.810/2006.