Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica e alterações epigenéticas durante a inibição meiótica em oócitos de ovelhas

Processo: 13/05564-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 19 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Sony Dimas Bicudo
Beneficiário:Letícia Ferrari Crocomo
Supervisor: Sergio Ledda
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: Università degli Studi di Sassari (UNISS), Itália  
Vinculado à bolsa:11/14041-5 - Expressão gênica e potencial de desenvolvimento in vitro dos complexos cumulus-oócitos ovinos tratados com roscovitina, BP.DR
Assunto(s):Ovinos   Fertilização in vitro animal   5-Metilcitosina   Imuno-histoquímica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunocitoquímica | Ovinos | produção in vitro de embrião | RT-qPCR | 5-hidroximetilcitosina | 5-metilcitosina | Biotecnologia da Reprodução em Ovinos e Técnicas Moleculares de Análise

Resumo

Inibidores da meiose como a roscovitina tem sido utilizados em diferentes espécies animais com intuito de incrementar o potencial de desenvolvimento oocitário e embrionário in vitro. Estudos demonstram, no entanto, que as condições de cultivo durante a produção de embrião in vitro predispõem a metilação anormal do DNA. Diante disso, este pesquisa visa analisar as possíveis alterações epigenéticas em termos da metilação e hidroximetilação da citosina em oócitos de ovelhas submetidos ao tratamento com roscovitina além de avaliar a hereditariedade destas alterações ao longo do desenvolvimento embrionário in vitro. Para isso, oócitos obtidos de ovários de ovelha, oriundos de frigorífico, serão cultivados a 38,5ºC e 5% de CO2 em ar, por 13horas, em meio de maturação padrão (Controle) acrescido de 75µM de roscovitina (Tratamento). Em seguida, determinada proporção dos oócitos será cultivada por mais 17horas em meio de maturação livre de inibidores, nas mesmas condições acima descritas. Ao final das 13 e 30 horas de cultivo in vitro, oócitos de ambos os grupos experimentais serão avaliados quanto ao nível global de metilação e hidroximetilação do DNA por meio de imunocitoquímica e quanto à expressão dos genes DNMT1, DNMT3a, DNMT3b, TET1, TET2, TET3 por meio de RT-qPCR. Parte dos oócitos de ambos os grupos, após 30horas de cultivo, serão destinados à produção de embrião in vitro. Os zigotos, mórulas e blastocisto obtidos serão submetidos às mesmas análises descritas para os oócitos. OS resultados serão avaliados por Anova e teste Tukey. As taxas de clivagem e blastocisto também serão avaliadas e analisadas pelo teste Chi-quadrado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LETÍCIA FERRARI CROCOMO; FEDERICA ARIU; LUISA BOGLIOLO; DANIELA BEBBERE; SERGIO LEDDA; SONY DIMAS BICUDO. Roscovitina para o atraso da progressão meiótica em oócitos de ovelhas pré-púberes. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 55, . (11/18843-9, 13/05564-0, 11/14041-5)
CROCOMO, L. F.; ARIU, F.; BOGLIOLO, L.; BEBBERE, D.; LEDDA, S.; BICUDO, S. D.. In vitro Developmental Competence of Adult Sheep Oocytes Treated with Roscovitine. REPRODUCTION IN DOMESTIC ANIMALS, v. 51, n. 2, p. 276-281, . (11/18843-9, 13/05564-0, 11/14041-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.