Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura populacional de Toxoplasma gondii no Brasil utilizando análise de microssatélites e análise de sequências de introns

Processo: 13/02416-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 05 de junho de 2013
Vigência (Término): 05 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Hilda Fátima de Jesus Pena
Beneficiário:Hilda Fátima de Jesus Pena
Anfitrião: Marie-Laure Darde
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université de Limoges, França  
Assunto(s):Doenças parasitárias em animais   Toxoplasma gondii   Diversidade genética

Resumo

Os estudos de isolados brasileiros de Toxoplasma gondii sugerem que a recombinação genética tem um importante papel na diversidade de amostras neste país. Os isolados de T. gondii da América do Sul têm sido caracterizados usando 10 a 12 marcadores na PCR-RFLP (Polimorfismo de Comprimento de Fragmentos gerados por Enzimas de Restrição). É altamente desejável usar marcadores com alto poder discriminatório para estudos epidemiológicos no qual o objetivo é rastrear a origem da infecção e/ou os mecanismos de transmissão do patógeno. Os resultados obtidos com marcadores microssatélites para a genotipagem multilocal de isolados de T. gondii mostram que esses marcadores têm um nível de resolução superior à da PCR-RFLP. Este projeto tem por objetivo a genotipagem de 165 amostras de T. gondii de animais domésticos e selvagens do Brasil, previamente genotipadas utilizando a análise multilocal por PCR-RFLP, usando a análise multilocal por 15 microssatélites, assim como a análise de sequência de cinco genes introns. Neste projeto será feita a investigação da estrutura populacional de T. gondii com foco nos seguintes elementos: a diversidade de amostras e grupos, a existência de subpopulações adaptadas geograficamente ou a determinados hospedeiros e a existência de fluxo gênico entre essas populações. (AU)