Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de superfícies multifuncionais de titânio comercialmente puro, Ti-6Al-4V e Ti-35Nb-7Zr-5Ta obtidas pelo processo de anodização

Processo: 12/23545-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Laiza Maria Grassi Fais
Beneficiário:Henrique Eiji Tabuse
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Titânio   Topografia   Interações hidrofóbicas e hidrofílicas   Propriedades de superfície   Dureza

Resumo

O titânio comercialmente puro (Ti cp) e as suas ligas, em especial a liga Ti-6Al-4V, são o material de escolha para a confecção de implantes ortopédicos e estruturas do sistema de implantes dentários por possuírem excelentes propriedades mecânicas, físicas e químicas. Entretanto, o aumento da expectativa de vida da população associada a uma demanda cada vez maior da reabilitação com implantes dentários em indivíduos que possuem pobre qualidade óssea, estimula a busca por materiais que apresentem melhor compatibilidade mecânica e que não contenham elementos tóxicos, como o Al e V. Em paralelo, destaca-se também os inúmeros tratamentos realizados no titânio e suas ligas com o intuito de induzir e/ou aumentar a osseoindução concomitantemente à redução na adesão de microrganismos. Dessa forma, este estudo tem por objetivo avaliar as propriedades de superfícies multifuncionais de uma nova liga a base de titânio, Ti-35Nb-7Zr-5Ta, obtidas pelo processo de anodização eletroquímica, comparando-a o Ti cp e Ti-6Al-4V. As superfícies destes metais serão analisadas antes e após a realização da funcionalização com íons cálcio e fosfato, testando-se diferentes potenciais eletroquímicos e tempos. As superfícies das ligas serão caracterizadas mediante análises da composição química elementar (Microscopia por fluorescência de raios X e/ou Espectrometria de emissão por plasma induzido por argônio), da estrutura cristalina (Difratometria de raios X), da morfologia de fases (Microscopia óptica), da topografia superficial (Microscopia eletrônica de varredura), da rugosidade média, da hidrofilicidade (determinada indiretamente pela mensuração do ângulo de contato) e da dureza Vickers.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)