Busca avançada
Ano de início
Entree

O abolicionismo como movimento social em suas articulações provinciais

Processo: 12/24186-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia
Pesquisador responsável:Angela Maria Alonso
Beneficiário:Roger Cavalheiro Silva
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/08495-6 - O abolicionismo como movimento social, AP.R
Assunto(s):Abolicionismo   Movimentos sociais

Resumo

A pesquisa visa produzir uma explicação abrangente acerca do movimento abolicionista brasileiro a partir de dois ângulos. De uma parte, argumenta que o fenômeno tomou a forma de uma rede social, que articulava atividades no parlamento, mobilizações da sociedade civil e as rebeliões escravas. De outra, investiga o modo pelo qual se processou a transferência e adaptação de ideias do repertório abolicionista internacional para o movimento abolicionista brasileiro, e como a tradição nacional condicionou esse processo. Neste momento, a pesquisa nacional encontra-se em fase final, necessitando complementação de pesquisa empírica para as províncias. O projeto atual visa realizar a pesquisa nas seguintes províncias: Amazonas, Ceará, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul com o adensamento na pesquisa documental e na produção bibliográfica sobre o tema. Esta pesquisa pretende atingir a proporção do movimento abolicionista em cada província e sua respectiva articulação com o movimento nacional. (AU)