Busca avançada
Ano de início
Entree

A formação de grupos de peixes difere entre recifes de coral dentro e fora de áreas protegidas?

Processo: 12/24432-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Guimarães Junior
Beneficiário:Roberta Martini Bonaldo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia marinha

Resumo

Recifes de coral têm sofrido perdas significativas em sua diversidade, complexidade estrutural e biomassa nas últimas décadas. Os efeitos negativos dessas perdas sobre as comunidades de corais e peixes têm sido bastante discutidos na literatura, mas pouco se sabe sobre sua influência na estrutura das interações ecológicas. A atividade alimentar de peixes no substrato, por exemplo, é um dos processos ecológicos recifais mais importantes, pois determina a estrutura de comunidades e distribuição de organismos bentônicos dos recifes, sobretudo de corais e algas. Ainda, a formação de grupos de peixes para alimentação fornece uma série de vantagens a seus integrantes durante a obtenção de alimento. Apesar da importância destas interações, pouco se sabe sobre sua resistência à degradação recifal. O presente projeto investigará como a degradação pode influenciar as redes de interações entre peixes em grupos de alimentação em três pares de recifes de coral protegidos e não-protegidos nas Ilhas Fiji. Os dados necessários para o projeto já foram coletados. Primeiramente serão construídas as redes de interação entre as espécies envolvidas nos locais estudados. A seguir, serão feitas análises comparando a estrutura de redes entre locais protegidos e não-protegidos, e a identificação de espécies e grupos que diferem entre as áreas de estudo. Na última etapa, será avaliado como as características das espécies estão relacionadas à tolerância das interações estudadas à degradação recifal. Este estudo contribuirá para um melhor entendimento entre a ecologia teórica e a biologia aplicada, auxiliando na compreensão da relação entre conservação da biodiversidade e a estrutura e dinâmica em redes ecológicas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.