Busca avançada
Ano de início
Entree

Na espermatogênese dos filhotes de ratos nascidos de pais alcoólatras e mães normais os receptores do sistema nervoso periférico seriam modificados?

Processo: 12/25046-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Neide Hyppolito Jurkiewicz
Beneficiário:Valeria Lima Fabricio
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Álcool   Espermatogênese

Resumo

Nos últimos anos, nosso departamento tem realizado diversos estudos para avaliar os efeitos do álcool, seja em fêmeas, machos ou ninhadas, sob diversos aspectos. O objetivo deste projeto, baseado na importância do consumo do álcool como droga de abuso, é avaliar, em duas etapas distintas, a ação da administração via oral de álcool no período pré-cruzamento em ratos machos adultos com análise da interferência desta droga no acasalamento, na prenhez e na ninhada de ratas Wistar. Inicialmente, pretende-se investigar de que maneira o tratamento crônico com etanol nos ratos machos influencia o tempo de acasalamento destes com fêmeas não-tratadas. Na 2° etapa, esses filhotes machos deverão ser tratados durante 70 dias com álcool. Ao término do tratamento serão sacrificados e estudaremos o efeito do álcool na espermatogênese desses animais. Os parâmetros reprodutores a serem observados consistem na avaliação de motilidade e vigor espermático, morfologia espermática, avaliação da atividade mitocondrial e avaliação da integridade DNA espermático de acordo com Barros (2007).