Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da qualidade de vida de pacientes sob acompanhamento da evolução clínica de membros pós-trombóticos

Processo: 13/02976-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Hamilton Almeida Rollo
Beneficiário:Rafael Sanchez dos Santos
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Trombose venosa   Síndrome pós-trombótica   Qualidade de vida   Evolução clínica   Procedimentos cirúrgicos vasculares
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Qualidade De Vida | síndrome pós-trombótica | trombose venosa profunda | Cirurgia Vascular

Resumo

A trombose venosa profunda (TVP) dos membros inferiores é uma condição clínica grave caracterizada pela formação aguda de trombos em veias profundas do membro, sendo sua prevalência estimada em 6 casos/10000 habitantes/ano, fortemente associada a outras condições, como cirurgias, traumas e outras doenças venosas, que aumentam a suscetibilidade à formação do trombo por alterar a hemostasia normal, em fatores primariamente identificados na tríade de Virchow, que descreve as alterações de fluxo, a lesão endotelial e estados de hipercoagulabilidade como atuantes na gênese dos trombos. Estima-se que pelo menos um em cada 2-3 indivíduos com TVP vai apresentar a denominada Síndrome Pós-Trombótica (SPT), caracterizada pela insuficiência venosa crônica, manifesta em diversos graus de importância clínica. Por conta do seu caráter crônico, a SPT traz grande impacto na vida dos pacientes pelas perdas funcionais traduzidas em limitações nas atividades diárias, inclusive laborais. Esse cenário tem motivado um estudo prospectivo, realizado pela equipe da Cirurgia Vascular da Faculdade de Medicina de Botucatu, que visa à avaliação do processo de recanalização buscando se compreender melhor a SPT e suas implicações, contexto em que se torna importante um estudo sobre a qualidade de vida (QV) - entendida como a percepção pelo próprio indivíduo do comprometimento advindo de sua condição - de forma a ampliar a abordagem da SPT, indo além de seus aspectos clínicos. O presente estudo objetiva o levantamento de informações sobre a QV desses pacientes, por meio da aplicação do questionário VEINES-QOL/Sym - específico para doenças venosas, que tem se mostrado uma ferramenta valiosa na investigação clínica - após um ano de acompanhamento clínico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)