Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito fotodinâmico da curcumina no tratamento da Periodontite induzida em ratos: estudo microbiológico

Processo: 12/19241-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Letícia Helena Theodoro
Beneficiário:Renata Pironato Ferreira
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Fármacos fotossensibilizantes   Fotoquimioterapia   Curcumina   Processos microbiológicos   Reação em cadeia por polimerase (PCR)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:curcumina | fotoquimioterapia | periodontia | Ratos | Periodontia

Resumo

O presente estudo tem a finalidade de avaliar a influência da curcumina, como agente fotossensibilizador, na terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT), no tratamento da periodontite induzida em ratos. Noventa e seis animais serão submetidos à indução da periodontite via instalação de um fio de algodão ao redor dos primeiros molares inferiores do lado esquerdo, o qual será mantido durante 7 dias. A seguir os animais serão separados aleatoriamente em 4 grupos, que receberão os seguintes tratamentos locais: G1 (n=24) - representado por animais que não sofrerão nenhum tratamento; G2 (n=24) - irrigação com solução da curcumina (40µM); G3 (n=24) - irradiação com LED; G4 (n=24) - irrigação com solução de curcumina (40µM) seguido da irradiação com LED. O LED que será utilizado no presente estudo para a realização da aPDT é um emissor semicondutor (InGaN), com comprimento de onda de 465 a 485nm e irradiância de 600mW/cm2. O LED será aplicado 60 segundos após a aplicação da solução da curcumina na face vestibular dos primeiros molares inferiores do lado esquerdo durante 60 segundos. Serão realizadas colheitas microbiológica de uma bolsa periodontal dos molares inferiores imediatamente antes do tratamento (baseline) aos 7, 15 e 30 dias pós tratamento. A análise microbiológica será processada utilizando a técnica da reação de polimerase em cadeia (PCR) para avaliar a presença das seguintes bactérias: Porphyromonas gingivalis (Pg), Aggregatibacter actinomycetemcomitans (Aa). Os resultados obtidos sofrerão análise estatística com nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)