Busca avançada
Ano de início
Entree

Tratamento da resina acrílica termopolimerizável com extrato de Equisetum giganteum: ação antimicrobiana e antiaderente sobre Candida albicans

Processo: 12/24373-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Vanessa Soares Lara
Beneficiário:Nara Ligia Martins Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Fitoterapia   Próteses e implantes   Anti-infecciosos   Estomatite sob prótese   Resinas acrílicas termopolimerizáveis   Equisetum   Candida albicans   Técnicas in vitro

Resumo

Espécies do gênero Candida abrangem fungos dimórficos que vivem como comensais no trato gastrointestinal de mamíferos. Porém, dependendo do comprometimento do paciente, esses fungos agem como patógenos oportunistas. Na cavidade bucal, a candidose associada ao uso de prótese removível, principalmente total, constitui a estomatite protética, a qual afeta cerca de 11 a 67% dos portadores de prótese total removível. Biofilmes de Candida são altamente resistentes a agentes antifúngicos e possuem uma alta capacidade de aderência e invasão na resina que compõe as próteses bucais removíveis. O óleo essencial de Equisetum arvense demonstra forte atividade antimicrobiana que pode vir a contribuir para a diminuição de infecções causadas por agentes patogênicos. Sendo da mesma família e presente no Cerrado brasileiro, em especial na região de Bauru, Equisetum giganteum pode ser uma alternativa antimicrobiana. Deste modo, o objetivo deste trabalho será estudar a ação fitoterápica do E. giganteum sobre o biofilme de C. albicans. Para tal, será avaliado, in vitro, a atividade antimicrobiana e antiaderente do extrato através do estudo da viabilidade fúngica sobre o biofilme inicial de C. albicans induzido sobre corpos de resina termopolimerizável. A expressão dos resultados e os testes estatísticos serão aplicados de acordo com a presença ou não de normalidade nas avaliações (p<0.05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)