Busca avançada
Ano de início
Entree

Acidentes com material biológico e sua relação com os fatores do trabalho: estudo de coorte com trabalhadores da enfermagem de um hospital público

Processo: 12/24066-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 24 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Rodolfo Andrade de Gouveia Vilela
Beneficiário:Kleber dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Exposição ambiental   Pessoal de saúde   Estudos de coortes   Ferimentos penetrantes produzidos por agulha   Saúde do trabalhador   Acidentes de trabalho

Resumo

Os acidentes de trabalho com exposição ao material biológico (ATMB) entre os profissionais da enfermagem é uma constante e os seus potenciais agravos os tornam um caso de Saúde Pública mundial. O paradigma tradicional de análise de acidente de trabalho é hegemônico, e considera apenas os elementos visíveis e pontuais no momento do acidente. Entretanto, existem variáveis latentes a esta situação que contribuem para ocorrência do evento, consideradas pelo modelo sistêmico de análise de acidentes. O Modelo de Análise e Prevenção de Acidentes do Trabalho (MAPA) é um instrumento desenvolvido a partir do paradigma sistêmico. O objetivo deste estudo epidemiológico de coorte mista é identificar a contribuição dos fatores de trabalho considerados relevantes pelo MAPA, para a ocorrência de ATMB entre profissionais da enfermagem do Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (ICHC FMUSP). Nos resultados do MAPA, destacaram-se os fatores de trabalho: pressão no trabalho, suporte social no trabalho, carga de trabalho, tempo de serviço na função e capacitação. A partir destes fatores chegou-se nas variáveis de exposição. Variáveis de ajuste sociodemográficas, estilo de vida e estado de saúde também serão investigadas. As variáveis destes dois grupos serão coletadas por meio de uma entrevista com o trabalhador, pretende-se cobrir todos os profissionais da Enfermagem. O desfecho será proveniente de dados secundários dos registros de ATMB do ICHC FMUSP. A coorte será acompanhada durante 24 meses, 12 meses pré e 12 meses pós entrevista com os trabalhadores. A análise estatística utilizada será o modelo de fragilidade, que é um tipo de análise de sobrevivência que considera variáveis contextuais, que neste estudo serão características dos setores de trabalho como absenteísmo, rotatividade e dimensionamento de funcionários.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTOS, Kleber dos. Acidentes com material biológico e sua relação com os fatores de dentro e de fora do trabalho: estudo multinível com trabalhadores da enfermagem de um hospital publico. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.