Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do treinamento de força sobre a estratégia de prova em uma corrida de 10km

Processo: 13/00371-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Rômulo Cássio de Moraes Bertuzzi
Beneficiário:Mayara Vieira Damasceno
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Treinamento de força   Corridas

Resumo

Estudos indicam que a estratégia de prova (EP) - maneira pela qual é distribuída a velocidade e o gasto energético durante um evento competitivo - tem um significante impacto no desempenho de atletas em provas de longa duração. Diversos achados sugerem que a EP escolhida pelo atleta pode ser dependente de parâmetros tradicionalmente utilizados como preditores do desempenho neste tipo de prova, como a economia de corrida (EC) e a velocidade associada ao consumo máximo de oxigênio (vVO2máx). Adicionalmente, fatores neuromusculares também têm se mostrado importantes para o desempenho em provas de longa duração. Como já está bem documentado, o treinamento de força (TF) tem se mostrado uma ferramenta eficaz na melhora das variáveis supracitadas. Dessa forma, parece razoável pressupor que as adaptações neuromusculares promovidas pelo TF, acompanhadas de modificações na EC e na vVO2máx, são capazes de influenciar a EP adotada pelos corredores de provas de longas distâncias. Portanto, pretende-se averiguar se após a aplicação de um programa de treinamento de força, há uma alteração na EP. A hipótese do presente estudo é que o TF é capaz de influenciar as variáveis supracitadas, resultando na modificação da EP adotada pelos corredores durante a simulação de uma prova de 10 km. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DAMASCENO, M.; PASQUA, L.; GASPARI, A.; ARAUJO, G.; DE-OLIVEIRA, F.; LIMA-SILVA, A.; BERTUZZI, R. Effects of strength training on bioenergetics parameters determined at velocity corresponding to maximal oxygen uptake in endurance runners. SCIENCE & SPORTS, v. 33, n. 6, p. E263-E270, DEC 2018. Citações Web of Science: 0.
DAMASCENO, M. V.; PASQUA, L. A.; LIMA-SILVA, A. E.; BERTUZZI, R. Energy system contribution in a maximal incremental test: correlations with pacing and overall performance in a 10-km running trial. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 48, n. 11, p. 1048-1054, NOV 2015. Citações Web of Science: 2.
DAMASCENO, MAYARA V.; LIMA-SILVA, ADRIANO E.; PASQUA, LEONARDO A.; TRICOLI, VALMOR; DUARTE, MARCOS; BISHOP, DAVID J.; BERTUZZI, RMULO. Effects of resistance training on neuromuscular characteristics and pacing during 10-km running time trial. EUROPEAN JOURNAL OF APPLIED PHYSIOLOGY, v. 115, n. 7, p. 1513-1522, JUL 2015. Citações Web of Science: 20.
BERTUZZI, R.; KISS, M. A. P. D. M.; DAMASCENO, M.; OLIVEIRA, R. S. F.; LIMA-SILVA, A. E. Association between anaerobic components of the maximal accumulated oxygen deficit and 30-second Wingate test. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 48, n. 3, p. 261-266, MAR 2015. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.