Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo funcional do inibidor de protease BmSEI presente no intestino do carrapato Rhipicephalus microplus e sua participação na infecção por Anaplasma marginale

Processo: 13/01175-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Aparecida Sadae Tanaka
Beneficiário:Cícera Maria Gomes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/03657-8 - Inibidores e proteases de ectoparasitas: relação de estrutura-função e identificação do papel dessas moléculas na interação de vetores de doenças e seus agentes etiológicos, AP.TEM
Assunto(s):Transcriptoma

Resumo

Os carrapatos são importantes vetores de doenças para o homem e outros vertebrados. O Rhipicephalus (Boophilus) microplus é um ectoparasito exclusivo de bovinos, responsável pela transmissão de Anaplasma sp e Babesia sp, agentes etiológicos da doença denominada de "tristeza parasitária bovina". O R. microplus causa grandes prejuízos à pecuária, o que resulta em perdas consideráveis na produção de carne, couro e leite. O controle deste ectoparasita tem como método principal o uso de acaricidas, o que pode levar à contaminação dos produtos bovinos, assim como do meio ambiente. Por esta razão, a busca de métodos alternativos para o controle do carrapato bovino tem sido objetivo de estudo de muitos grupos de pesquisa. Um método alternativo é a produção de uma vacina, no entanto, até o momento nenhuma vacina apresentou-se eficiente para os bovinos brasileiros. Na tentativa de contribuir para a identificação de proteínas fisiologicamente importantes para o R. microplus, que possam compor uma vacina multi-antigenos, neste trabalho será estudado o inibidor de proteases, inibidor de elastase de neutrófilos humanos (BmSEI) identificado em saliva de carrapato cujo o gene foi obtido na análise transcriptômica de intestino de R. microplus de fêmeas ingurgitadas. A fim de contribuir na elucidação da função desta proteína, uma biblioteca de cDNA deste órgão foi construída e aproximadamente 800 clones foram sequenciados. Após uma análise preliminar foi possível observar uma alta freqüência de transcritos para proteínas semelhantes ao BmSEI (Boophilus microplus saliva elastase inhibitor, número de acesso GenBank: ABH10604.1), sugerindo um possível papel destas proteínas neste órgão. Neste trabalho, a proteína recombinante BmSEI será expressa e caracterizada quanto à sua atividade inibidora de proteases e possível antimicrobiano. A fim de identificar a sua localização serão realizados PCR quantitativos utilizando diferentes tecidos do carrapato R. microplus. Posteriormente, será realizado o silenciamento gênico de BmSEI por RNA de interferência e a quantificação por PCR quantitativo das bactérias dos intestinos e ovos dos animais após o silenciamento. Paralelamente, serão avaliados os efeitos nas quantidades de ovos produzidas pelas teleóginas após o silenciamento desse transcrito em animais infectados com bactérias E. coli e M. luteus. Por fim serão realizados experimentos de silenciamento gênico de BmSEI em cultura BME26 de R. microplus e comparação do repertório molecular de células silenciadas e silenciadas e infectadas com A. marginale por sequenciamento de RNA.