Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática e biogeografia de Schinus L. (Anacardiaceae)

Processo: 13/04345-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:José Rubens Pirani
Beneficiário:Cíntia Luíza da Silva Luz
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/18490-7 - Filogenia de Schinus l. (Anacardiaceae), BE.EP.DR
Assunto(s):Filogenia   Distribuição geográfica   Anacardiaceae

Resumo

Schinus é constituído por cerca de 33 espécies concentradas na América do Sul Austral. No sul do Brasil é o gênero da família Anacardiaceae com maior riqueza específica. As espécies de Schinus estão distribuídas em dois subgêneros caracterizados por uma combinação de caracteres nem sempre consistentes. Em particular, os táxons de Schinus subg. Duvaua sect. Euduvaua apresentam delimitação de espécies ainda muito controvertida. Apesar da revisão taxonômica para o gênero, disponível desde 1957, as complexas circunscrições de espécies indicam que novos estudos morfológicos e taxonômicos são necessários. O objetivo principal deste projeto é contribuir para a sistemática de Schinus e de Anacardiaceae como um todo por meio de estudos filogenéticos. Além disso, as hipóteses sobre as relações filogenéticas no grupo possibilitarão investigar a história biogeográfica de Schinus, além de ampliar a compreensão da biogeografia austral da América do Sul. As análises filogenéticas serão efetuadas a partir de dados morfológicos e macromoleculares obtidos de materiais coletados e oriundos de herbários, utilizando-se para isto critérios de parcimônia e análise bayesiana. A tese gerará manuscritos abrangendo os seguintes aspectos: sinopse reavaliando a circunscrição das espécies de Schinus, com chave de identificação, mudanças nomenclaturais e taxonômicas necessárias, citações do material-tipo, comentários sobre o estado de conservação das espécies e mapas de distribuição geográfica; filogenia do gênero e sua história biogeográfica em consonância com outros elementos da biota austral sul-americana.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA-LUZ, CINTIA LUIZA; PIRANI, JOSE RUBENS; MITCHELL, JOHN DANIEL; DALY, DOUGLAS; CAPELLI, NATALIE DO VALLE; DEMARCO, DIEGO; PELL, SUSAN K.; PLUNKETT, GREGORY M. Phylogeny of Schinus L. (Anacardiaceae) with a new infrageneric classification and insights into evolution of spinescence and floral traits. Molecular Phylogenetics and Evolution, v. 133, p. 302-351, APR 2019. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LUZ, Cíntia Luíza da Silva. Filogenia e sistemática de Schinus L. (Anacardiaceae), com revisão de um clado endêmico das matas nebulares andinas. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.